Polícia já tem retrato falado de acusados de assassinar prefeito

A Polícia Civil já está com o retrato falado dos dois homens que executaram o prefeito de Novo Santo Antônio (a 1.200 km a Nordeste de Cuiabá), Valdemir Antônio da Silva, conhecido Quatro Olho, morto com três tiros no sábado (23). Os desenhos com a fisionomia dos suspeitos foram montados por um policial baseado com as informações de familiares do prefeito assassinado e de alguns vizinhos que ouviram os tiros e viram os elementos fugindo numa motocicleta.

Os retratos falados mostram jovens de aproximadamente de 23 a 28 anos de idade, magros e com pele parda. O primeiro retrato falado mostra um homem de 1,60 a 1,65m de altura, pesando entre 60 a 65 quilos, com olhos e cabelos escuros, pele parda clara e idade de 23 a 28 anos com barba rala e um pequeno cavanhaque. Renato Henrique foi preso por tentativa de assalto em Ribeirão Cascalheira e sua fisionomia se assemelha do 2º suspeito.

O segundo retrato falado montado bate com as características do elemento preso em Ribeirão Cascalheira durante uma tentativa de assalto a um empresário daquela cidade. Um jovem também de 23 a 28 anos, com 65 a 70 quilos, altura de 1,75 a 1,80 m pele parda clara, cabelos e olhos escuros. Esse segundo retrato se assemelha à fisionomia do assaltante Renato Henrique dos Santos, natural de Goiânia, que foi preso com um revolver mantendo como refém a família de um comerciante do ramo de produtos agropecuários de Ribeirão Cascalheira.

Nesse caso o empresário escapou porque disse aos bandidos que o dinheiro estaria na empresa e pediu para que um dos assaltantes o acompanhasse até lá. Na rua, o comerciante conseguiu desvencilhar do bandido, saiu gritando, o ladrão fugiu e o outro foi preso dentro da casa dele.

Renato disse à policia que não tem nada haver com a morte do prefeito Quatro Olho, porém admite que esteve em Novo Santo Antônio e participou de uma festa na comunidade Barro Vermelho onde estava o prefeito. A polícia pediu um exame de balística, pois o revolver do Renato também é um 38 com mira dourada identifica a descrita pelas testemunhas do crime do prefeito.

A família de Valdemir Quatro Olho mantém a tese que o prefeito foi assassinado por crime político. Segundo o filho dele, Jó Felizardo, o prefeito estava sendo ameaçado em função da briga com o vice Geraldo Negão (PTB). O vice assumiu a prefeitura quarta-feira (27) e nomeou para secretário de Saúde, o ex-prefeito João Mara, outro desafeto político do prefeito assassinado. Em Novo Santo Antônio, a população evita comentar o caso temendo alguma represália.

Leia também:

Adversário político de prefeito assassinado é nomeado secretário

Assassinato de prefeito pode estar ligado à agiotagem

Bandidos fazem tocaia e prefeito é executado com 3 tiros no peito

Presidente da AMM: morte de prefeito tem cunho político

Fonte:Olhar Direto

Responder

comment-avatar

*

*