652 policiais militares são promovidos‏

DANA CAMPOS / JEFFERSON OLIVEIRA

Assessoria / PM-MT

IMG_7176

 A Polícia Militar de Mato Grosso realizou na noite desta última segunda-feira (21-04) no Quartel do Comando Geral da PM, a formatura de promoção de 652 policiais, sendo 527 praças e 125 oficias. A data faz alusão ao ‘Dia de Tiradentes’, considerado patrono das Polícias do Brasil.

Além de tradicional dentro do meio militar, este ano a data simbolizou uma mudança marcante a todos os policiais. Foi aprovada no mês passado a Lei Ordinária nº 10.076, que regulamenta e objetiva todos os critérios e requisitos necessários para a promoção dos policiais militares e também, a Lei Complementar nº 529, que fixa o efetivo da Polícia Militar em 12.495 policiais.

As leis são resultado de um trabalho intenso, realizado em parceria entre o Governo do Estado – por meio da Polícia Militar, Casa Militar, Corpo de Bombeiros Militar – e as Associações de Praças e Oficiais Militares. Quatro coronéis e 20 praças foram promovidos por requerimento. De acordo com a nova lei tendo 25 anos de PM mais 05 de contribuição é solicitada a ida para a reserva com um posto acima do ocupado atualmente.

Para o comandante geral da PM, coronel Nerci Adriano Denardi “fazer parte de mudança tão importante para a instituição é uma honra. É uma satisfação poder viver esse momento, em que policial se torna ainda mais valorizado e que agora tem total segurança que terá uma progressão justa e necessária dentro de sua carreira militar”.

“Hoje, qualquer cidadão que ingressar na Polícia Militar sabe exatamente o tempo que terá para conquistar sua primeira promoção. Além disso, o cidadão que entrar como soldado na PM, que é uma das formas de entrar para PM, e que manter um ritmo de estudo, de melhoramento e evolução profissional, tem a possibilidade de alcançar o posto de tenente-coronel, que antes da lei era muito difícil, diante da realidade que existia”, ressalva coronel Denardi.

Sete oficiais foram promovidos ao alto posto da PM, entre os agraciados estava a coronel Zózima Dias dos Santos, “essa data representa para mim uma vitória dupla. Primeiro, no cunho pessoal. Pois consegui chegar ao posto máximo da PM por merecimento. E, em segundo, de cunho profissional, pois significa uma vitória das mulheres, mostra que o comando busca valorizar a mulher dentro da instituição”. Um dos postos ocupados pela coronel foi de coordenadora do programa Rede Cidadã e diretora adjunta de Ensino, Instrução e Pesquisa (Deip).

Além dos 652 policiais promovidos, 22 cadetes do primeiro ano do Curso de Formação de Oficiais (CFO) receberam o Espadim Tiradentes (arma que simboliza o ideal de liberdade do alferes de milícia e mártir da Inconfidência, Joaquim José da Silva Xavier).  Viviane de Souza Metelo, Carlos Vinícius Lorena de Souza e André Felipe Batista da Silva, respectivamente os 1°, 2° e 3° colocados no vestibular CFO 2013, receberam o símbolo de honra e dignidade das mãos do governador do Estado de Mato Grosso, Silval Barbosa, vice-governador do Estado, Chico Daltro, e do comandante geral da Polícia Militar coronel Denardi.

 

Responder

comment-avatar

*

*