Agricultores da região participam de palestra sobre agrotóxicos

A utilização de agrotóxicos – da revenda à destinação correta das embalagens – foi tema de palestra ministrada pela fiscal estadual agropecuário Márcia Fernandes Ribeiro Santos, da Regional Norte, da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa). A palestra foi direcionada aos produtores de arroz, soja e melancia do Projeto de Irrigação Luís Alves, que fica no município de Luís Alves, a 490 km de Goiânia, na região do Vale do Araguaia. Participaram cerca de 20 agricultores (foto).

Na explanação, a fiscal enfocou desde a compra do produto nos estabelecimentos comerciais mediante a apresentação do receituário agronômico, nota fiscal, a utilização de defensivos agrícolas registrados e cadastrados, os cuidados com manuseio no preparo da calda, a importância e a obrigatoriedade do uso dos equipamentos de produção individual (EPI) até a devolução das embalagens vazias. “Durante a safra do ano passado percebemos algumas irregularidades que esperamos não mais repetir após esse trabalho de educação fitossanitária”, adianta Márcia Fernandes.
Ela afirma que o trabalho é parte das ações da Agrodefesa, que além de fiscalizar faz questão de promover um trabalho de conscientização dos agricultores. “É preciso plantar com consciência, respeitando a saúde do trabalhador e o meio ambiente, uma vez que o Projeto abrange uma área de preservação e tem uma grande biodiversidade”, afirma a fiscal. O Projeto de Irrigação Luís Alves do Araguaia, é uma parceria Ministério de Integração Nacional com o Governo do Estado de Goiás. Foi criado em 1997, visando promover o desenvolvimento econômico e melhorar a qualidade de vida na região do Vale do Rio Araguaia. Abrange uma área de cerca de 6 mil hectares de terra irrigada e inclui mais de 50 famílias de agricultores que plantam o ano todo.

Agrodefesa com Redação CN

Responder

comment-avatar

*

*