Água Boa em 4º no índice IKGM

Prefeitos que administram municípios com vocação agrícola lideram o Ranking IKGM de Aprovação Popular dos Prefeitos Mato-grossenses, realizado anualmente pela KGM Comunicação, Marketing e Pesquisas nas 50 maiores cidades do Estado. O líder em aprovação popular é o prefeito de Nova Mutum, Adriano Pivetta (PDT), com 80,95 de IKGM, numa escala em que o máximo é 100. Em segundo aparece o prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT) com 77,65. O cálculo do IKGM é feito considerando duas variáveis. A primeira é representada por uma escala de avaliação em que o eleitor atribui nota de 0 a 10 ao prefeito. A variável é a média ponderada de todas as notas.

Chega-se a segunda variável somando os percentuais de respostas “bom” e “ótimo” atribuídos a um prefeito subtraídos dos percentuais de “péssimo” e “ruim”. Para se chegar ao IKGM, basta multiplicar a primeira variável por 10, somar com a segunda e dividir por dois.

Fora do contexto do agronegócio, o município de Cáceres é o terceiro, representado pelo prefeito Francis Maris (PMDB) com 70,50. O quarto melhor avaliado é o prefeito de Água Boa, Mauro Rosa da Silva (PPS), com 64,8. Em seguida, aparece o prefeito de Alto Araguaia, Jerônimo Samita Maia Neto (PR), com 62,8.

O ranking se completa com o prefeito de São José dos Quatro Marcos, Carlos Roberto Bianchi (PSB), com 61,55. Em sétimo, o prefeito Roberto Farias (PSD), aparece com 56,9. Estreante em mandatos eletivos, o prefeito de Cuiabá, empresário Mauro Mendes (PSB), aparece na oitava colocação com 56,05.

A relação dos dez melhores prefeitos de Mato Grosso se completa com o gestor de Campo Verde, Fábio Schroeter (PTB), com 54 e o prefeito de Tangará da Serra, Fábio Junqueira (PPS), com 53,2. Na avaliação que compara o terceiro ano de administração dos prefeitos eleitos em 2012 foram entrevistadas 10 mil pessoas nos 50 maiores municípios de Mato Grosso.

O acompanhamento das avaliações permite que os próprios gestores – e principalmente a sociedade – saibam se sua aprovação melhorou ou piorou. De acordo com a KGM Pesquisas, foram aplicadas as mesmas perguntas aos eleitores das 50 cidades, mantendo inclusive o mesmo número de entrevistas em cada município, critério para se ter a comparabilidade da série.

Cada pesquisa tem uma amostragem diferente, porém assegurando a mesma margem de erro a todos os municípios pesquisados. Isso é fundamental para permitir a comparação entre as diferentes cidades. Devido ao seu tamanho nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis a amostra é maior, mas se mantém a mesma margem de erro.

Na comparação com anos anteriores, o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, é um dos que mais cresceu na avaliação. Em 2013 ocupava a 31ª posição do ranking e, no ano seguinte, saltou para 21º. Agora, está na relação dos “top 10”. O líder em melhor avaliação deste ano, prefeito de Nova Mutum, Adriano Pivetta (PDT), viveu uma ascensão meteórica saltando da 14ª colocação em 2013 para a 5ª no ano seguinte e agora figura como o melhor avaliado.  Escrito por Michele Soares, Interativa Fm

Responder

comment-avatar

*


*