Altemar Dias

Altemar Dias
Altemar Dias

Em busca de respostas

Durante toda a nossa vida, estamos constantemente em busca de melhorias para a nossa vida, seja na área profissional, pessoal e financeira. Essa busca incessante acaba nos levando a enveredar por vários caminhos até descobrirmos qual é a nossa verdadeira vocação.

Durante essa caminhada somos envolvidos em todos os tipos de situações, boas e ruins. Somos livres para escolher se vamos fazer parte delas ou não. No afã de conquistar de forma rápida e fácil os nossos objetivos, muitas vezes nos vemos diante de propostas que nos leva a cometer erros irreparáveis para conosco e com o nosso próximo. A maioria de nós sempre achamos que a nossa atitude é a correta e a acabamos nos envolvendo com drogas, violência, corrupção e todos os tipos de coisas erradas. E ainda temos a capacidade de achar que por ser um crime pequenino, estamos livres de sofrer com as punições da justiça dos homens.

E quando ERRAMOS, temos a incapacidade de reconhecer que o ERRO é nosso, e sempre procuramos culpados pelo nosso próprio erro.

A partir do momento em que reconhecemos que a CULPA de nossos erros é somente nossa, começamos a buscar respostas para as nossas perguntas.

E é com esse objetivo que estamos aqui a partir de hoje, utilizando esse meio de comunicação para nos ajudar a encontrar estas respostas. A primeira delas se refere ao terceiro parágrafo deste texto onde relato sobre as buscas durante nossas vidas. Leiam novamente o parágrafo e observem se falta alguma coisa; “Durante toda a nossa vida, estamos constantemente em busca de melhorias para a nossa vida, seja na área profissional, pessoal e financeira.”

Se você não sentiu falta de nada, é porquê está faltando a coisa mais importante em sua vida.

DEUS!

Todo o viver é um exercício de aprendizagem. E a vida será sempre rica de oportunidades para que a alma se enriqueça no saber das coisas de Deus.

A oportunidade do estudo, de desenvolver-se intelectualmente é possibilidade de alcançar conhecimento das leis do mundo físico, obra de Deus.

Estudar Botânica, Química ou Astronomia, seja qual for o ramo das Ciências, é sempre uma oportunidade de progredir intelectualmente, de aumentar o entendimento a respeito das leis do Criador.

E é claro que quanto mais estudamos, mais progredimos intelectualmente.

Porém, a vida também é rica de oportunidades para que cresçamos moralmente, para que possamos entender as coisas de Deus no campo da moral.

Assim como podemos crescer intelectualmente durante uma vida, podemos progredir moralmente.

Sabendo-se que moral é a regra de bem proceder, a regra de agir conforme as Leis de Deus, será o entendimento dessas regras, pelas vias do coração a grande conquista para todos nós.

Logo, é natural que a vida oportunize também esse aprendizado, que nos possibilita crescer moralmente.

Se o progresso intelectual se dá pelos bancos da academia, pelos livros, pelo exercício da mente e do raciocínio, o progresso moral se dá pelo enfrentamento do mundo, nos desafios de relacionamento com o próximo e conosco mesmos.

Sempre que nos deparamos com um parente difícil, é oportunidade de progresso moral, ao desenvolver a paciência e a indulgência.

Se o chefe irascível é nossa grande dificuldade, ou o ambiente de trabalho desequilibrador, que nos consome em preocupações, serão essas também oportunidades de desenvolvermos valores de paciente coleguismo.

Se situações difíceis da corrupção e do afrouxamento dos valores morais sucederem sob nossos olhos, ser-nos-ão convite ao exercício da retidão de caráter e da consolidação da honestidade.

Nenhuma situação que nos ocorra será descuido da Providência Divina ou cochilo de nossos anjos tutelares.

Tudo está previsto pelo amor de Deus, a proporcionar as situações mais adequadas para que possamos progredir, intelectual e moralmente.

Dessa forma, jamais desejemos uma vida tranquila, sem desafios e dificuldades a transpor.

Essa vida que muitos desejam e não poucos se esforçam para assim viver, consome-se no vazio de si mesma, pela falta do objetivo maior, que é o progresso do ser humano.

Jamais devemos malquerer os dias desafiadores. Serão sempre esses os que provocarão em nós o crescimento de novas capacidades, o amadurecimento moral, o despertar para valores mais sólidos e perenes em relação à vida.

Nunca deveremos nos esquecer que Deus nos proporciona penas e desafios somente na intensidade e no montante que nossa estrutura emocional será capaz de enfrentar.

Fonte: http://www.momento.com.br

Responder

comment-avatar

*

*