Amigos e familiares se despedem de Alberto Viana; no Toneto, um grande cortejo acompanhou o enterro de Duclacir e Marcilene

O corpo do radialista Alberto Viana, foi sepultado na manhã de quarta feira, 20, no Cemitério Cristo Redentor, saída para Água Boa, enquanto o casal Duclacir e Marcilene foram sepultados no mesmo dia e horário, no Cemitério do Bairro Toneto, no setor Nova Brasília.

 
A tragédia que se abateu sobre Nova Xavantina, deixou a população perplexa, já que todos os envolvidos eram queridos da população. 
 
No velório do radialista Alberto, na Igreja Assembléia de Deus, Ministério Madureira, na Av. Rio Grande do Sul; nos momentos antecedentes aos do fechamento do caixão, companheiros e familiares de Alberto prestaram suas homenagens.
 
O vereador e comunicador Ney Welinton -companheiro de trabalho de Alberto- lembrou que foi Alberto quem lhe indicou o caminho da Igreja, “num dos piores momentos da minha vida”, disse Ney, aos prantos. “Ele me cercava nos corredores da rádio, para eu entrar pra igreja” confessou.
 
O casal Dr.Aílton e Aermany Rezende, proprietários da Rádio Nova Xavantina, estiveram o tempo todo ao lado do caixão, junto com Aílton Júnior e sua esposa.
 
                                           NO TONETO
 
Enquanto isso, no bairro Toneto, estavam sendo velados na Igreja Assembléia de Deus do bairro Toneto,  os corpos de Duclacir Duarte de Oliveira, de 40 anos, e sua esposa, Marcilene Ribeiro da Silva, de 38 anos. Duclacir atirou em Alberto Viana, em seguida matou sua esposa e se matou. 
 
O enterro dos corpos do casal aconteceu exatamente às 10 horas, no Cemitério do bairro. Um grande cortejo acompanhou o féretro.
 
O site IN, triste com o acontecimento, envia votos de conforto aos familiares, que possam superar este difícil momento. Que a Paz de Deus possa inspirar à todos os evolvidos, para que possam encontrar o rumo certo das coisas e da vida. Interessante News/Reportagem Ezio Garcia

Responder

comment-avatar

*

*