APAE e Açao Social de Paranatinga faz aula de Equoterapia com os alunos

Nesta manha de sexta Feira a APAE de Paranatinga através da sua Diretora Salete Fernandez Branco realizou um dia de Equoterapia com os alunos da escola.

Salete diz que esse trabalho de Equoterapia visa tem como objetivo principal desenvolver a auto-estima dos alunos, autoconfiança e a partir deste começamos a trabalhar a aprendizagem e também a ressocializaçao.

Outro ponto que foi destacado pela Diretora foi a oportunidade que a Equoterapia possibilita de trabalhar em grupo e também resgatar toda a família para junto da escola e dos filhos.

Salete afirmou que não podemos simplesmente trabalhar a escola temos também que trabalhar a família pois a escola  sem família fica mais difícil de atingir ois objetivos.

Segundo Salete através da equoterapia já conseguiu trazer grande parte da família dos alunos.

Salete Fernandez veio de Primavera do Leste e esta pouco mais de um mês em Paranatinga a frente da APAE.

O prefeito Vilson Pires disse que o Gestor publico junto com a 1º Dama e Secretaria Social tem que fazer os trabalhos sociais e a equoterapia é um grande trabalho social pois aproxima cada vez mais os pais dos alunos com amor, carinho e dignidade.

Vilson disse que esse trabalho alavanca a auto-estima e considera esse fator de grande importância para a vida de um cidadão seja ele deficiente ou não.

O prefeito ainda agradeceu a Diretoria do Parque de Exposição que cedeu o espaço para a atividade da APAE além dos animais que foram cedidos de forma gratuita para a realização deste evento muito importante para a vida destes alunos especiais que temos em nosso município.

Na equoterapia a estimulação que vem do ambiente e dos movimentos oscilatórios tridimensionais do cavalo, a qual o praticante está exposto, remetem ao mesmo uma sensação totalmente inusitada, fazendo com que a espontaneidade se aflore e o prazer em estar montado em um animal que é superior ao seu tamanho em porte e altura faz com que sua auto-estima e auto-confiança aumentem (sendo que alguns praticantes conseguem conduzir o animal).

O deambular do cavalo é o mais próximo do caminhar humano, tendo somente 5% de diferença. O movimento rítmico e tridimensional do cavalo, ao caminhar desloca-se para frente, para trás, para os lados, para cima e para baixo e, pode ser comparado com a ação da pelve humana ao andar.

Os resultados obtidos com as influências da equoterapia na (re)educação motora do praticante são vistos nos seguintes fatores:

– postura de base: pois no cavalo a postura do praticante é contrária aos padrões patológicos (é dado enfoque ao método neuro evolutivo Bobath);

– solicitações cinéticas provocadas pelos movimentos do cavalo, as quais os grupos musculares de ereção do tronco são estimulados alternadamente por contração e relaxamento, em um movimento complexo, que por si, estimula a rotação do tronco e envolve outros segmentos corpóreos e os membros em seqüência ordenadas e rítmicas.

Paranatinga News

Responder

comment-avatar

*

*