Após rebelião juíza de Porto Alegre do Norte determina transferência de presos para Água Boa

Com relação aos fatos narrados na matéria intitulada “Detentos fazem rebelião em cadeia pública de Porto Alegre do Norte” passo a tecer as seguintes considerações:

1 – No dia de (12/09/2012), alguns presos realizaram um manifesto reclamando da superlotação da cadeia pública e da ausência de Defensoria Pública nesta Comarca.

 2 – Esta Magistrada tomou conhecimento dos fatos por volta das 19h, quando retornava do treinamento de mesários ocorrido na zona rural do município de Confresa/MT.

 3 – Por questões de segurança dos agentes carcerários, dos policiais militares, desta Magistrada e dos próprios presos e, ainda, em virtude do adiantado da hora, inviável meu pronto comparecimento. Após determinação, os agentes carcerários e o comandante da Polícia Militar desta cidade controlaram a situação.

 4 – No dia de hoje, determinei a transferência dos presos que iniciaram o manifesto para a penitenciária da Comarca de Água Boa/MT, sendo que, após tais medidas, compareci ao estabelecimento prisional e, em reunião com uma comissão dos detentos, ouvi suas considerações e estabeleci o necessário diálogo para restabelecer a ordem pública.

 5 – Após a reunião, encaminhei ao representante do Ministério Público, para conhecimento e providências, as reinvindicações dos reeducandos.

 Sem mais para o momento,

 Luciene Kelly Marciano

Juíza Substituta

Foto Agência da Notícia

Responder

comment-avatar

*

*