Assédio sexual é investigado em Água Boa

A polícia civil recebeu um registro de ocorrência de assédio sexual praticado por um guarda de banco. Segundo a vítima que é casada, o guarda do banco abordou a mulher quando esta entrou na agência bancária para fazer o pagamento de uma conta. Segundo a vítima, o guarda insistiu que queria seu telefone celular. O fato passou a ser investigado pela autoridade policial como assédio sexual. A mulher teria dito ao guarda que era casada, mas afirmou que ele continuou insistindo com ela, sem o mínimo de respeito e ética.

Interativa FM

Responder

comment-avatar

*

*