Atoleiros ainda geram filas enormes de carretas e caminhões na rodovia MT130

As condições da MT 130 no trecho que liga a extensão urbana do distrito de  Santiago do Norte até a sede do município de Paranatinga ainda causa muita indignação. Há muitos atoleiros. E para complicar, não existe um ponto de apoio para os motoristas dentro da extensão de 140 km que liga o distrito, considerado a nova fronteira agrícola da região sudeste, ao município.
Qando acontece de algum caminhão atolar, o trânsito fica impedido por tempo indeterminado, gerando filas enormes causando vários transtornos, até aparecer algum tipo de socorro.
 A Associação da MT 130 vai assumir o consorcio do governo a partir de Abril para recuperar e dar manutenção neste trecho importante para a região pois é uma grande produtora de grãos.
O Governo esta sinalizando de fazer asfalto na MT 020, porém a MT 130 esta fora dos planos para 2013 e essa rodovia é muito importante para escoamento de boa parte da produção de Paranatinga e região. 24 Horas News

Responder

comment-avatar

*

*