Bandidos assaltam 2 bancos ao mesmo tempo em MT

Bandidos assaltaram, há pouco, o Banco do Brasil e o Bradesco no município de Comodoro (644 km a Oeste de Cuiabá). A ação aterrorizante durou mais de uma hora. Eles fugiram com mais de 15 reféns, em duas caminhonetes uma S-10 preta e Nissan prata, na rodovia que dá acesso a Campos de Julio e Pontes e Lacerda. Seriam aproximadamente 10 assaltantes, mas alguns teriam entrado em uma mata perto da cidade.

A PM acaba de confirmar que todos os reféns foram liberados. Ninguém foi ferido. Uma caminhonete foi queimada e algumas armas acabaram sendo destruídas também pelo fogo. Não está confirmado se eles usaram outro carro para continuar a fuga.

“Eles entraram nos bancos por volta das 11 e 10h. Dois desceram da caminhonete atirando para cima. O bando se dividiu e entrou simultaneamente nas duas agências. Encapuzados, com roupas pretas, camufladas, submetralhadoras e espingardas. Eles também usavam coletes à prova de bala. Após assaltaram o Bradesco, os bandidos esperaram os comparsas terminarem o assalto ao Banco do Brasil para fugirem”, explicou o repórter Wagner de Araújo.

Eles mantiveram mais de 20 clientes como escudos humanos, enquanto recolhiam dinheiro dos cofres.  “O tiroteio foi muito grande. Eles atiraram muito para intimidar a polícia. O número de reféns era grande. Os policiais ficaram a distância”, explicou ao Só Notícias, o empresário Volmar Santos, que tem loja perto dos bancos.

A Secretaria de Segurança designou uma equipe de policiais para a cidade em uma aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Em agosto do ano passado, a menos de 80 km de Comodoro, policiais travaram forte tiroteio com ladrões de banco que atacaram agência em Campos de Julio. 5 bandidos morreram e R$ 213 mil foram recuperados

Em 2008, o Banco do Brasil em Comodoro havia sido assaltado.

Ontem, conforme Só Notícias já informou, uma funcionária da Sicredi em Querência (região Araguaia) foi feita refém, com seus familiares, em sua própria casa e obrigada a levar os assaltantes até a agência de onde levaram o dinheiro que estava no cofre. Eles fugiram e liberaram seu esposo e filhos, sem ferimentos. Os bandidos ainda não foram presos.

No início do mês, em Marcelândia (Nortão), foi assaltando o Banco do Brasil. A PM mantém as buscas em uma mata a 65 km da cidade onde já houve 2 tiroteios com bandidos: um morreu e outro está baleado no braço. A quadrilha teria 4 integrantes.

 Reféns colocados em veículo quando bandidos saíram de banco (foto:Wagner Toledo)

Responder

comment-avatar

*

*