Bando que assaltou dois bancos ao mesmo tempo em MT pode ser de SP

Foto: Agência da NotíciaDelegada está em Confresa acompanhando buscas aos bandidos Delegada está em Confresa acompanhando buscas aos bandidos

O bando que assaltou simultaneamente dois bancos em Confresa, a 1.180 km de Cuiabá, pode ser originário de São Paulo com ramificações em Mato Grosso e na cidade de Confresa. Essa é a primeira impressão da delegada da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil de Mato Grosso, Ana Cristina Feldner, que está em Confresa acompanhando as buscas aos bandidos.

A delegada aventou essa hipótese durante entrevista a Agência da Notícia. Ela também detalhou o trabalho que tem sido feito pela polícia até agora, com ênfase na procura dos assaltantes que podem estar escondidos na mata entre os municípios de Confresa e São José do Xingu.

O assalto simultâneo aos bancos Sicredi e Banco do Brasil, no dia 9, assustou a população de Confresa pela violência do bando, que age no estilo Novo Cangaço. Foram roubados aproximadamente R$ 50 mil dos caixas eletrônicos. O crime não teve maior êxito porque a gerente de um dos bancos não estava na agência na hora do assalto. Os bandidos usaram quatro veículos na fuga e jogaram dois dentro do rio Fontoura.

A delegada agradeceu o empenho de duas equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), junto com várias equipes policiais das cidades da região do Norte Araguaia. A Força Tática de Barra do Garças também apoia a caçada aos bandidos.

O helicóptero Águia 1 já está em Confresa desde a tarde de segunda-feira, onde realiza voos sobre a mata local e estradas vicinais, na região em que os bandidos podem estar escondidos.

De Barra do Garças – Ronaldo Couto olhar direto Com informações da Agência da Notícia

Responder

comment-avatar

*

*