BARRA DO GARÇAS: Rios Garças e Araguaia atingem a cota de alerta

O nível dos rios Garças e Araguaia continua subindo e neste sábado (2) atingiu a cota de alerta na divisa de Mato Grosso e Goiás, nove metros. A régua de medição da Defesa Civil tem 12 metros e enchentes anteriores já chegou a ficar submersa. Mas por precaução, comerciantes do Porto do Baé já estão retirando móveis e cadeiras temendo que o ponto turístico fique debaixo de água nas próximas horas.

O primeiro comerciante a sair, Lázaro, é dono de uma lanchonete próximo à escadaria. Ele aproveitou a manhã deste sábado para retirar os móveis. O rio Araguaia está bastante cheio e como diz os pescadores já começa a sair da ‘caixa’.

Moradores e alguns turistas aproveitaram a manhã deste sábado para tirar fotos e postar na internet o espetáculo proporcionado pelas águas. Os funcionários do restaurante fluente Tucanaré na Telha reforçaram a vigília temendo que a embarcação possa rodar. Em anos anteriores, o flutuante chegou a rodar e já partiu ao meio porque os cabos de aço se soltaram.

Os pescadores, no entanto, não acreditam que o nível do rio vai subir tanto assim e apostam que vai chegar somente até o estacionamento do Baé. A maior enchente registrada em Barra do Garças aconteceu em 1994 quando a água chegou a encostar no piso da ponte do Araguaia e a ponte do córrego Voadeira ficou submersa.

chocolatenews.

Responder

comment-avatar

*

*