Caminhoneiros liberam rodovia do calcário após 18hs de protesto – Ameçam trancar de novo

COCALINHO – Os caminhoneiros que haviam trancado ontem a tarde a rodovia do calcário na região da Balsa do Rio das Mortes, em Cocalinho, liberaram a estrada no final da madrugada de hoje. Os caminhoneiros estão revoltados com a alta do preço da passagem pela balsa, com o fim do excesso de peso no transporte, e com o frete que não aumentou de preço.

Além disso, os caminhoneiros entrevistados ontem também reclamam das condições da MT-326 que liga Água Boa com Cocalinho. Os transportadores pediram que o governo recupere a rodovia do calcário, especialmente no trecho entre o Auto Posto Rei da Estrada e Nova Nazaré. Por essa estrada, os caminhoneiros pretendem escoar cerca de 700 mil toneladas de calcário nessa temporada de seca. Os caminhoneiros denunciam que o governo do estado só promete, mas não recupera satisfatoriamente a estrada. Depois de ficarem 18 horas no protesto, os caminhoneiros desativaram a manifestação por volta de 5hs 30min da madrugada de hoje.

Os caminhoneiros prometeram trancar novamente a rodovia do calcário nesta quarta-feira, no trecho entre Nova Nazaré e Água Boa (MT-0240) e entre Nova Nazaré e o Auto Posto Rei da Estrada (acesso à BR-158). Nossa reportagem constatou os altos preços pagos para o transbordo por balsa no rio das Mortes. Veículos de passeio pagam 15,00 pela passagem, e veículos de carga chegam a pagar 50,00 por uma passagem. Quem faz duas viagens curtas num dia, paga 200,00 só de balsa o que é considerado um absurdo pelos caminhoneiros.

Interativa FM

Responder

comment-avatar

*

*