CAMPINÁPOLIS: PM apreende madeira retirada de reserva indígena


A Polícia Militar de Campinápolis recebeu denúncia que dava conta da extração ilegal de madeira. Sob o comando do Sgt Triches, os policiais militares fizeram monitoramento na reserva indígena Santa Luzia. Ontem à noite, foram apreendidas mais de 300 lascas, palanques e mourões transportados em um caminhão Mercedes Benz. Os madeireiros contaram aos policiais que já tinham realizado mais de 20 viagens transportado madeira das espécies Aroeira, Angico Cuiabano, Ipê e Jacaré. Os madeireiros utilizavam uma motocicleta como batedor. O piloto da moto se deslocava na frente para observar movimentação atípica nas estradas. Os policiais fizeram a detenção de três pessoas na estrada vicinal que liga Campinápolis a Santo Antônio do Leste. Os detidos são moradores de Novo São Joaquim, onde a madeira era comercializada clandestinamente nas fazendas há mais de cinco anos. Os madeireiros detidos disseram que existem dezenas de pessoas em Novo São Joaquim vivendo da extração ilegal da madeira na reserva indígena.

PM via jopioneiro

Responder

comment-avatar

*

*