CANARANA: Atoleiro tranca a passagem de caminhões na MT-110

Caminhoneiros enfrentam grandes dificuldades para trazer a soja das lavouras até os armazéns em Canarana. Vários atoleiros impedem o tráfego. Na semana passada, a estrada que liga o distrito do Garapú até a fazenda Milagrosa, ficou interditada com dois caminhões atolados. A carga teve que ser baldeada para a retirada dos mesmos. Também na semana passada, a MT-020, parte ainda não asfaltada, ficou interditada entre os distritos do Culuene e do Garapú, em um tope quando duas carretas não conseguiram passar. Mais de 100 carretas dos dois lados não puderam seguir viagem.

Já a MT-110, que liga Canarana até a fazenda Tanguro, ficou interditada desde a noite de ontem, segunda-feira, quando um caminhão carregado não passou por um atoleiro próximo da fazenda Donadora, a cerca de 5 km da cidade. O caminhão, pertencente à transportadora Roma, era dirigido pelo motorista Roni de Aragarças/GO.  Carros pequenos passavam. Uma caminhonete tentou seguir viagem e enroscou no retrovisor do cavalinho, arrancando o mesmo fora e dando um prejuízo de cerca de 3 mil reais. O atoleiro na MT-110 bloqueou a passagem de mais de 50 caminhões, que ficaram parados dos dois lados. Alguns caminhoneiros estão pensando em puxar a safra em outros municípios. Alegam que quando a chuva dá trégua e os produtores conseguem colher, eles não conseguem trafegar pelas estradas. Quando conseguem chegar aos armazéns, enfrentam filas para descarregar. Assim não dá. Os produtores da região da MT-110, mesmo com tempo bom, não conseguirão colher neste feriado por falta de caminhão para transportar a soja. Os caminhoneiros Antônio Dallabrida (Canarana), Mario Casanova e Claudecir Pilz (ambos de Água Boa), disseram que a chuva tem danificado as estradas, mas os caminhoneiros alegam que os atoleiros estão em pontos isolados, sendo fácil resolver o problema.

jopioneiro

Responder

comment-avatar

*

*