CANARANA: Colaborador dos Alcoólicos Anônimos ajuda pessoas contra mal que atingiu seus antepassados

 Seu José Afonso Ten Caten, 72 anos, nunca teve problemas com álcool, mas sabe que esse problema atingiu seus antepassados. Foi por causa disso que os Ten Caten hoje são brasileiros.
Seu José Afonso é tataraneto de Barend Ten Cate. O original é Ten Cate, acontece que com os anos muitos sobrenomes acabam sendo modificados por erros nos registros. Barend tinha sangue nobre e trabalhava na corte holandesa.
Porém, em 1857, Barend veio para o Brasil, se estabelecendo no estado do Rio Grande do Sul. O percursor dos Ten Cate enfrentava problemas com álcool, motivo que o fez ter que abandonar a corte e ter que procurar outro lugar para viver.
Mais de 150 anos depois, os Ten Cate se espalharam pelo Brasil. Seu José, que veio do Rio Grande do Sul para Canarana em 1.976, disse que vários de seus antepassados enfrentaram problemas com o álcool.
Alguns da família Ten Cate pelo Brasil começaram a participar do grupo Alcoólicos Anônimos. Além de conseguirem ajuda para enfrentar este mal, começaram a trabalhar ajudando outras pessoas a se libertarem da bebida.
No início da década passada, seu José foi convidado por um parente a colaborar com o grupo Alcoólicos Anônimos em Canarana. Seu Ten Caten nunca teve problemas com álcool, mas sabia com exemplos em seus antepassados, o mal que ele faz.
Assim seu José começou a colaborar com o grupo. Depois de passar algum tempo desativado, recentemente o grupo voltou suas atividades em Canarana, que funcionam em uma sala anexa ao Centro Auxiliadora.
Seu Ten Caten pede a colaboração da sociedade e a participação de mais pessoas nas reuniões. “Se alguém chega a uma reunião e não tem pessoas para conversar com ela, não vai voltar novamente”, explicou seu Ten Caten.
O nosso entrevistado disse que possui a genealogia de sua família desde 1.500. É uma história bonita, que Seu José não quer ver manchada com o álcool nem na sua família, nem nas famílias dos outros.

JoPioneiro

Responder

comment-avatar

*

*