Canarana sediará terceira edição da Caravana da Transformação

A Caravana da Transformação segue para sua terceira edição, levando serviços em saúde e cidadania para os mato-grossenses da região nordeste do estado. Canarana (a 830 km da capital) será a sede desta edição, de 08 a 14 de Novembro, e os cidadãos de outros 15 municípios do entorno da cidade também serão atendidos.
A Caravana tem como carro-chefe os procedimentos em oftalmologia, medida que busca reduzir ou zerar a fila de pessoas que aguardam por uma cirurgia de catarata, pterígio ou Yag Laser. Em Canarana, a previsão é que 5 mil atendimentos sejam feitos. A caravana será instalada no Estádio Municipal Elídio Corbari.
Na primeira edição, que ocorreu entre os dias 12 e 21 de julho, em Barra do Bugres (a 168 km de Cuiabá), foram realizadas 1.873 cirurgias. A segunda edição ocorreu em Peixoto de Azevedo, onde foram realizadas 3.000 cirurgias. “Com o grande sucesso da primeira e segunda edição, vimos a satisfação das pessoas que receberam os atendimentos e mudaram de vida. A demanda agora é ainda maior e temos certeza que a Caravana em Canarana será um evento histórico para a região”, afirmou José Arlindo Oliveira, secretário de Estado do Gabinete de Governo e coordenador-geral da Caravana da Transformação.
A equipe que organiza a Caravana da Transformação visitou a cidade de Canarana no dia 19/10, e a classificou apta para sediar esse evento.
Outro ponto forte da Caravana da Transformação são os serviços de cidadania, que contam com a parceria do Estado e dos Municípios. Para a terceira edição, entre outras coisas, estará disponível a emissão de documentos, orientações de combate à Dengue e muitos outros serviços.
Através de parcerias, serão oferecidos, por exemplo, corte de cabelo, design de sobrancelha, penteados e maquiagens.
“Tudo na Caravana foi pensado para realmente transformar a vida das pessoas por onde passamos. Teremos mais de 300 servidores presentes, além de outros 120 voluntários. A Defesa Civil já está capacitando essa equipe para atender de forma humanizada a todos que passarem pelo evento e a Vigilância Sanitária já inicia as vistorias para manter tudo dentro das normas de saúde”, disse José Arlindo.

Com informações da Assessoria do Estado

Responder

comment-avatar

*

*