Cartório do 2º Ofício adere à Campanha Nacional de Justiça pela Paz em Casa

CANARANA – Com o objetivo principal de prevenir a violência doméstica, na maioria das vezes praticada contra mulheres e crianças, de 03 a 07/08, o Cartório do 2º Ofício de Canarana aderiu à Campanha Nacional de Justiça pela Paz em Casa, que foi coordenada pela colaboradora Edilaine Ciotti.
Além de produzir materiais informativos de alusão à campanha, como folders, faixa e camisetas, palestras foram ministradas nas Escolas Municipais em parceria com a Polícia Militar e a Secretaria Municipal de Saúde, através do Núcleo de Apoio à Saúde da Família e o Núcleo de Prevenção às Violências.
As palestras tinham como tema a prevenção de violências físicas, psicológicas e sexuais. Uma das palestrantes, a psicóloga Josiane Pörsch, explicou sobre a importância de a criança saber a diferença entre carinho e assédio. A psicóloga também pediu para as crianças contarem para a família sobre o que aprenderam na palestra e alertou sobre onde uma criança agredida pode pedir ajuda, como na escola, nos postos de saúde e em delegacias.
As palestras também contaram com a participação da policial Gislaine, que falou sobre o papel da polícia na comunidade, alertou sobre a importância das crianças não terem medo dos policiais e sobre como deve ser feita uma denúncia. “É importante que vocês saibam o endereço completo de suas casas, para que nós policiais, quando chamados, possamos chegar até o local correto”, explicou a policial para as crianças.
Como a Campanha Nacional tinha duração de uma semana, a equipe do Cartório e a Secretaria de Saúde, cientes da importância do tema, decidiram estender as palestras também para os Postos de Saúde da cidade, a fim de trabalhar o assunto com as gestantes. Outro lugar que a palestra será realizada é na Escola Estadual Norberto Schwantes, pois a diretora da escola se interessou pela campanha e fez o convite ao Cartório.
Para alertar sobre a importância da denúncia, nas palestras é trabalhada a seguinte frase: “O silêncio contribui com a violência doméstica”. Por isso, em casos de violência contra crianças, mulheres ou idosos, não tenha dúvida e denuncie. O Cartório do 2º Ofício aderiu à campanha para contribuir com a paz na família e na comunidade, contribua você também! Confira os telefones para denúncia:
Secretaria de Políticas para as Mulheres: 180;
Polícia Militar: 190 ou (66) 3478-1190;
Conselho Tutelar: (66) 3478-2144 ou 9212-6264 (Plantão);
Ouvidoria do Poder Judiciário: 0800 647 1420. (Assessoria).
Cartório do 2º Ofício se caracterizou para a campanha
Psicóloga explicou a diferença entre carinho e assédio
Palestras foram realizadas para crianças das Escolas Municipais. JOPioneiro

Responder

comment-avatar

*

*