Casal desaparecido há 17 dias é encontrado em pesqueiro em MT

Os dois são moradores de Gramado (RS) e viajam pelo Brasil há 3 anos.
Ambos foram encontrados na tarde desta quarta-feira (22).

O casal Leoclides Augustin, de 53 anos, e Ignes Oliveira, de 59 anos, foi encontrado na tarde desta quarta-feira (22) na região de Sapezal, a 473 km de Cuiabá. Eles são de o Rio Grande do Sul e estavam desaparecidos desde o dia 5 de julho, quando entraram em contato pela última vez com os familiares. Ambos estavam em viagem por Mato Grosso e foram encontrados pela Polícia Civil em um pesqueiro numa região conhecida como Ilha do Polinsk, próxima a Sapezal.

Leoclides e a esposa são da cidade gaúcha de Gramado e viajam pelo Brasil há três anos com um trailer. O casal estava em Mato Grosso há algumas semanas. Segundo o irmão de Leoclides, Ledoar Augustin, o último contato com o casal aconteceu no dia 5 deste mês. “Eles mandaram uma mensagem para a gente falando que iriam para o Rio Papagaio, e que caso o telefone não funcionasse, era para a gente enviar uma mensagem”, afirma.

De acordo com Ledoar, que vive em Caxias do Sul (RS), a família tentou contato com Leoclides e a esposa por vários dias seguidos, sem sucesso, até que decidiram criar uma página em uma rede social para auxiliar nas buscas. Ainda com poucas informações os familiares decidiram, na última segunda (20), registrar um boletim de ocorrência (BO) na cidade gaúcha.

Segundo a assessoria da Policia Civil, a informação do desaparecimento só chegou até eles nesta quarta. A partir do relato do caso, equipes foram deslocadas até a região para efetuar as buscas, e, já nesta tarde, o casal foi encontrado. Segundo a policia o casal está bem e entrará em contato com a família.

Na tarde desta quarta, Ledoar recebeu a boa notícia da Policia Civil de Sapezal. “Me ligaram dizendo que localizaram os dois, que eles estão bem e que não mantiveram contato porque na região não pega celular”, disse. Mais tranquilo, ele brincou com a situação. “Eles deviam estar aproveitando muito e acabaram esquecendo do mundo aqui fora”.

Ledoar explicou que o irmão e a cunhada estiveram em Mato Grosso no ano passado. “Eles passaram um período em Tangará da Serra e gostaram do lugar, por isso decidiram voltar”, afirmou.

Ledoar ainda disse que a cunhada tem parentes em Tangará da Serra mas que não conseguiu localizá-los antes. “O número que eu tinha deles parece que foi trocado, o que gerou um desencontro. Talvez se conseguíssemos conversar com eles antes não teríamos tanto desespero”, afirmou.

Leoclides é empresário e Ignes é nutricionista. O irmão de Leoclides explicou que os dois decidiram, há 5 anos anos, que viajariam pelo Brasil. “Meu irmão decidiu vender a fábrica de móveis que ele tinha, comprou o trailer e junto com a minha cunhada decidiram aproveitar a vida viajando”, relatou. G1.MT

Responder

comment-avatar

*


*