Casal é preso acusado de manter casa de prostituição

Os encontros ocorriam em um quarto no fundo do bar

A Polícia Judiciária Civil fechou ontem, dia 16, um bar no distrito de Espigão do Leste, município de São Félix do Araguaia, sobre a acusação de promover prostituição. Na oportunidade foram detidos  Dinaíde Madona Jorge Barros, 23 e Raimundo da Silva Tavares, 37, apontados como os responsáveis pelo estabelecimento.

Eles responderão criminalmente por favorecimento a prostituição e exploração sexual contra vulnerável. A denúncia feita de maneira anônima relatava que uma menor de 14 anos trabalhava no local e chegava a fazer programas, ao se deslocarem com o apoio da polícia militar, foi constatada a veracidade dos fatos e a vulnerável estava atendendo a dois clientes ao lado de uma mulher.

Em depoimento, as duas assumiram que faziam programas no local, com a autorização dos proprietários, e cobravam R$ 100 por programa, repassando R$ 30 para o bar. Os encontros ocorriam em um quarto no fundo do bar.

Com as provas e mãos e o flagrante, de acordo com o delegado Rogério da Silva Ferreira, a dupla pode pegar até 19 anos de prisão.Via Agencia da Noticia

Responder

comment-avatar

*

*