Casos de ataques a caixas eletrônicos crescem 70% e chegam a 53 em MT

O número de ataques a caixas eletrônicos em Mato Grosso aumentou mais de 70% em 2012. Nos primeiros cinco meses deste ano foram registradas 53 ações criminosas, enquanto no mesmo período do ano passado ocorreram 31 roubos a terminais bancários no estado. Os dados fazem parte de um levantamento divulgado nesta terça-feira (15) pelo Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (Seeb-MT).

As ações criminosas no estado mudaram. Os bandidos trocaram os maçaricos por explosivos para conseguir arrombar os caixas, segundo a investigação da polícia. O último crime aconteceu na cidade de Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá. Na madrugada de segunda-feira, ladrões dinamitaram um terminal localizado em um posto de saúde da cidade.

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos levaram apenas parte do dinheiro, algo em torno de R$ 10 mil, que estava no equipamento bancário. A PM acredita que os suspeitos estariam com pressa para fugir da cena do crime e deixaram para trás cerca de R$ 25 mil.

Segundo o presidente do sindicato, Arilson da Silva, a onda de ataques cresceu e a população ainda continua vivendo com insegurança. No ano passado, Mato Grosso foi o terceiro estado brasileiro com a maior incidência de ataques a bancos no país, de acordo com uma pesquisa nacional sobre roubos a bancos em 2011 divulgada pelo Seeb.

Para tentar reduzir o número de roubos, a Polícia Civil de Mato Grosso informou que conta com a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) que tem buscado apurar e prender os suspeitos de cometer esses ataques a bancos. Quatro quadrilhas já foram identificadas e 18 suspeitos foram presos. E neste ano de 2012 a Justiça já condenou mais de dez deles.

(Foto: Reprodução /TVCA)

Responder

comment-avatar

*

*