Celulares e drogas são apreendidos em presídio de MT durante operação

Operação foi feita após denúncia anônima, segundo a direção da unidade.
Diretor avalia que objetos foram levados por mulheres nas partes íntimas.

Trinta agentes penitenciários do Presídio Osvaldo Florentino Leite Pereira, conhecido como Ferrugem,em Sinop, a 503 km de Cuiabá, realizaram uma operação na unidade nesta segunda-feira (2), e apreenderam drogas, aparelhos celulares, chips, além de uma lista contendo nomes e contatos para o tráfico de drogas.

De acordo com o diretor do presídio, Pedro Ferreira Martins Filho, as apreensões foram realizadas no raio azul e laranja. Os objetos foram encontrados depois de uma denúncia anônima. Na avaliação dele, o detector de metais não acusou a existência desses aparelhos, pois teriam entrado na unidade nas partes íntimas de visitantes do sexo feminino.

O escaner do presídio, que poderia ajudar na identificação desses aparelhos e evitar que fossem levados para os presos, está quebrado há dois anos. Os aparelhos e chips recolhidos foram entregues ao Serviço de Inteligência do presídio para averiguação. Hoje o presídio tem capacidade para 326 detentos, mas, atualmente 760 reeducandos estão na penitenciária.

Responder

comment-avatar

*

*