Cidades do Norte Araguaia lideram lista de queimadas em MT

A quantidade de focos no estado no primeiro semestre deste ano, aumentou 11%, em relação com o mesmo período do ano passado.

Três cidades do Norte Araguaia estão no topo da lista de focos de calor em Mato Grosso, divulgadas esta semana pelo Inpe. Os registros em Querência, Ribeirão Cascalheira e São Félix do Araguaia estão sendo monitorados pelos pesquisadores. A quantidade de focos no estado no primeiro semestre deste ano, aumentou 11%, em relação com o mesmo período do ano passado.

As queimadas estarão proibidas a partir do próximo dia 15 de julho. Muitos produtores rurais acabam usando da mesma como uma medida para limpar áreas extensas. Para discutir este assunto, a secretaria estadual de Meio Ambiente irá realizar, no próximo dia sete de julho, uma audiência pública em São Félix do Araguaia, com a presença da secretária Ana Peterline.

Ao todo vinte cidades estão na lista, que praticamente não muda a cerca de cinco anos. Os municípios são: Nova Maringá, Feliz Natal, Querência, Nova Ubiratã, Sapezal, Gaúcha do Norte, Paranatinga, Brasnorte, Santa Carmem, Nova Mutum, São Félix do Araguaia, Sorriso, Tapurah, São José do Rio Claro, Marcelândia, Porto dos Gaúchos, Tangará da Serra, Ribeirão Cascalheira, Vera e Tabaporã. O bioma mais atingido é a Amazônia, onde se concentram 2.767 focos de calor, ou 61,1% em relação ao total, seguido pelo Cerrado, com 1.645 focos ou 36,34%.

Responder

comment-avatar

*

*