Cinco estudantes terão projetos financiados pelo Agrocientista

Todos os projetos aprovados neste ano são para defesa de Mestrado na UFMT e Unemat. No total o Agrocientista está financiando nove projetos de Doutorado e Mestrado. Ascom Aprosoja

Quatro estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e uma acadêmica da Universidade Estadual de Mato Grosso (UNEMAT) terão seus projetos de mestrado financiados pelo programa Agrocientista, realizado pela Aprosoja em parceria com o Fundo de Apoio à Cultura da Soja (FACS). Vinte candidatos concorriam às vagas de bolsa de estudo para mestrado e doutorado e auxílio à pesquisa. A banca de avaliação dos trabalhos foi composta por professores das universidades e diretores da Aprosoja.

Os projetos aprovados apresentam propostas para melhorar a produção das culturas do milho e da soja no estado. A novidade da edição deste ano foi o aumento da concorrência pelas vagas e a participação da Universidade Estadual. “Ficamos muito felizes com os trabalhos apresentados. Em 2012 foram sete inscritos, esse ano o número saltou para 20, sendo 17 da UFMT e três da UNEMAT, que agora também faz parte do programa”, destacou Cid Sanches, gerente de Planejamento da Aprosoja.

O vice-coordenador da comissão Gestão da Produção da Aprosoja, Endrigo Dalcin, vê na realização do Agrocientista a possibilidade soluções para problemas no campo e difusão de tecnologia. “Mais uma vez a Aprosoja abre as portas para as universidades. Buscamos com isso desenvolver novas tecnologias para auxiliar o produtor no dia a dia do campo. Um dos nossos principais critérios avaliação é a aplicabilidade do projeto. Buscamos constantemente soluções imediatas para o produtor”, afirmou Dalcin.

O professor da Unemat Peterson Batista, que participou da banca de avaliação, destacou a importância do Agrocientista. “Todos ganham. Os acadêmicos que concorrem vão atender ao produtor rural, e em contrapartida a Aprosoja tem essa informação em primeira mão. É também um beneficio para os produtores de todo o país”, explicou o docente.

Uma das estudantes que teve o projeto de mestrado aprovado é a acadêmica da Unemat, campus Tangará da Serra, Camila Patrícia Ribeiro de Souza. O seu trabalho pretende realizar o monitoramento e controle do Percevejo Castanho, que ataca as lavouras de soja. “Pouco se sabe sobre este assunto, meu enfoque é trabalhar ecologia química do percevejo e poder contribuir na defesa das lavouras do estado que são atacadas por essa praga”, finalizou.

Aprovados – Confira os nomes e os temas dos projetos aprovados no Agrocientista 2013

Candidato(a)

Projeto

Instituição

Karoline da Costa Barros

Qualidade física, sanitária e nutricional de grãos de milho

UFMT

Eduardo Vaz da Silva

Aplicação de fertilizantes em pré-semeadura de soja e sua mobilidade no perfil do solo

UFMT

Júlio Cezar Fornazier Moreira

Seleção de bactérias diazotróficas com potencial para inoculação em milho (Zea mays) cultivado no MT.

UFMT

Camila Patrícia Ribeiro de Souza

Ecologia Química do Percevejo CastanhoScaptocoris carvalhoi (Hemiptera: Cydnidae) visando o controle desta praga em lavouras de soja no Estado de Mato Grosso.

UNEMAT

Lucas de Souza Ferreira

Uso potencial da densidade relativa do solo para monitoramento da compactação do solo com base na correlação com rendimentos de soja e milho.

UFMT

Financiamento – Com a aprovação dos cinco novos projetos, o Agrocientista está financiando atualmente nove trabalhos de pesquisas que vão contribuir diretamente para o agronegócio em Mato Grosso, deste total três são teses de doutorado e seis de mestrado. No ano passado foi finalizado o primeiro projeto de doutorado, selecionado na primeira edição do programa, em 2011.Financiamento – Com a aprovação dos cinco novos projetos, o Agrocientista está financiando atualmente nove trabalhos de pesquisas que vão contribuir diretamente para o agronegócio em Mato Grosso, deste total três são teses de doutorado e seis de mestrado. No ano passado foi finalizado o primeiro projeto de doutorado, selecionado na primeira edição do programa, em 2011.

Responder

comment-avatar

*

*