Coligação quer cassação do prefeito

COCALINHO – A coligação “A Força do Povo I”, do município de Cocalinho, ingressou com recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), pedindo revisão da decisão de primeira instância da Justiça Eleitoral, sobre ação que investiga o prefeito reeleito, Luiz Henrique (PT). A coligação adversária, no período das eleições de 2012, foi encabeçada por Dalva Peres, e conta com apoiadores como o vereador Edivan Dornel de Souza (PSD).

Luiz Henrique foi acusado de “prática de conduta vedada e captação ilícita de sufrágio”, a compra de votos, por supostamente ter doado terrenos públicos como “moeda de troca”. O Juiz Eleitoral da Comarca de Água Boa, Anderson Gomes Junqueira, acolheu parte da representação, e aplicou uma ao prefeito reeleito. Na decisão, o magistrado pontua que ficou bem demonstrado que a outorga de títulos de lotes não aconteceu somente no período eleitoral, mas que é uma prática comum no município há 12 anos.

Segundo a decisão judicial, mesmo sendo um ato ilegal, a outorga de títulos não maculou o equilíbrio das eleições. O prefeito reeleito, Luiz Henrique do Amaral negou que tivesse doado terrenos. O vereador Edivan ressaltou a urgência da correção da sentença, ressaltando que existem casos semelhantes em outros municípios, onde o prefeito foi cassado. Interativa Fm

Responder

comment-avatar

*

*