Com aumento dos combustíveis bloqueios podem acontecer na região do Araguaia

Os bloqueios podem acontecer no Araguaia, já se fala em bloqueio na BR 158, em Serra Dourada, município de Canarana. Há boatos também que pode ocorrer um bloqueio em Barra do Garças. Os caminhoneiros estão revoltados com o valor abusivo do diesel que ultrapassa os R$ 3,00 por litro com uma diferença de até R$ 0,30 centavos em relação à capital do Estado.

No estado mais de 10 trechos das BRs 163, 364 e 070 estão interditados, porém a BR 158 continua liberada, informações que chegam é que o bloqueio está previsto para o dia 27, mas não descartam a hipótese de acontecer a qualquer momento.

Não existem informações precisas sobre os bloqueios, não sabemos se vão ocorrer ou se são apenas boatos.

Nossa equipe conversou na tarde de hoje (25) com o gerente do Auto Posto Rohden, durante a entrevista o gerente nos disse que os carregamentos de combustíveis estão chegando normalmente, só hoje o Auto Posto recebeu dois caminhões um com 25 mil e outro com 42 mil litros, totalizando 67 mil litros de combustíveis, sendo que, 15 mil litros são de gasolina.

Entenda o caso:

Os caminhoneiros reclamam, principalmente, da alta do preço do diesel, da redução do preço do frete e do valor dos pedágios. De acordo com os caminhoneiros, eles estão tendo prejuízos com o valor do frete que caiu em 25% e do aumento no preço do combustível.

Dilma nega ter promovido ‘tarifaço’ nos combustíveis

A presidente Dilma Rousseff negou nesta quarta-feira (25) que tenha promovido um “tarifaço” nos preços dos combustíveis, cujo recente reajuste desencadeou uma onda de protestos de caminhoneiros pelo País. “O que fizemos foi recompor a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico). Não elevamos em uma vírgula o preço dos combustíveis”, afirmou. Sobre a principal demanda dos caminhoneiros que bloquearam estradas por todo o País, a presidente disse que o governo não tem como baixar o preço do diesel. Dilma Rousseff esteve na manhã de hoje em Feira de Santana, na Bahia. Segundo a Presidente, as correções que vêm sendo feitas são mais do que necessárias.

Região Norte do Estado já sente o efeito das paralisações

Acabou o combustível em alguns postos e outros estão com estoque perto do fim, na região Norte de Mato Grosso, após exatamente uma semana de protesto dos caminhoneiros nas principais rodovias federais que cruzam o estado.

Em Sinop, a 503 km de Cuiabá, os postos de combustíveis amanheceram lacrados nesta quarta-feira (25).

Os trechos interditados no Mato Grosso são:

 Rondonópolis (BR- 364, no km 196), Cuiabá (BR-364, no km 397), Diamantino (BR-163, no km 588), Nova Mutum (BR-163, no km 593), Diamantino (BR-163, no km 614), Lucas do Rio Verde (BR-163, no km 686), Sorriso (BR-163, no km 745), Sinop (BR-163, no km 845) e Primavera do Leste (BR-070, no km 274 e 285).

Sendo assim, A manifestação dos caminhoneiros entrou nesta quarta-feira (25) em seu sétimo dia de protesto contra o aumento do diesel e o preço do frete, considerado baixo pela categoria. Até a noite de terça (23), pelo menos 13 estados haviam tido registro de atos, com interdição de rodovias e acessos a portos.

Fonte: Da Redação Michel Fasolo
querenciaemfoco

Responder

comment-avatar

*

*