Comerciária morre atropelada por carreta

Um trágico acidente na avenida Ministro João Alberto, em Barra do Garças, vitimou fatalmente a comerciária Judith Gomes de Sousa Campos, 44 anos, que trabalhava como expositora em supermercados. 

Ela estava de moto por volta das 16h40 de terça-feira (10) subindo avenida em direção a empresa Café Brasileiro, quando segundo a polícia, tentou ultrapassar uma carreta pela direita e chocou-se numa caminhonete SW e caiu da moto sendo atingida pela carreta. Judite faleceu na hora com perda de massa encefálica. 

O fato aconteceu próximo a empresa Castrilon e provocou interdição da avenida. A Polícia Militar (PM) teve que desviar o trânsito e acionou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) pois a avenida faz parte da rodovia Br 070 e a Polícia Civil acionou a perícia para levantar as causas do acidente. 

Judith atuava como divulgadora do Café Brasileiro e estava expondo o produto no Mendonça Center na terça-feira. Os funcionários do Mendonça informaram que ela saíu do supermercado para ir para o Café Brasileiro e minutos depois eles receberam a triste notícia. 

O atropelamento demonstra, mas uma vez, a necessidade de se construir o anel viário em Barra do Garças para tirar as carretas do perímetro urbano. Em torno de mil carretas passam por dia em Barra do Garças causando o estrangulamento mencionado.   OLHAR DIRETO

Responder

comment-avatar

*

*