Conselheira tutelar é ameaçada via SMS e tem bomba jogada no quintal de casa em Confresa

A conselheira tutelar Ângela Luiz Martins Borba, 43 anos, teve uma bomba caseira jogada em sua residência na madrugada do ultimo dia 06 de março, que fica no bairro Jardim do Éden em Confresa, e vem recebendo várias mensagens via celular, ameaçadoras.

Segundo informações repassadas à Agência da Notícia, Ângela Borba estaria recebendo constantes ameaças via celular e teve uma bomba jogada em sua residência por uma pessoa não identificada.

Em uma das mensagens que a conselheira recebeu diz, “você vai morrer, seu prazo é até amanhã sou irmão da Micheli, gostou da bomba? Se o celular não chegar até a Micheli babau morreu”. Em outra mensagem diz que irá matar a filha da conselheira tutelar.

Ângela Borba foi a até a PM onde registrou um boletim de ocorrência que foi encaminhado a Delegacia de Polícia Civil que investiga o caso. Agencia da Noticia

Responder

comment-avatar

*

*