Corpo de homem é serrado ao meio e descartado em sacos plásticos em pontos diferentes

O corpo de um homem de 28 anos identificado como Vitor Hugo Pinheiro Santana, usuário de drogas e morador do bairro São Gonçalo, foi encontrado serrado ao meio. Os pedaços foram deixados em locais diferente dentro de sacolas plásticas de lixo na região do Coxipó. A parte superior foi abandonada em um matagal às margens da Rua 1 do bairro São José e a parte inferior em um terreno baldio aos fundos da Feira de Goiânia, próximo a Avenida Fernando Correia.

De acordo com a madrasta da vítima, Vitor estava desaparecido há três dias e foi visto pela última vez a pé e sem camisa no bairro São Gonçalo. Hoje, por volta de 10h30, moradores da Rua 1 desconfiaram de um cheiro forte vindo de um matagal. Quando verificaram o local perceberam uma sacola de lixo e abriram. A primeira impresão era de que haviam encontrado um animal morto.

A surpresa dos vizinhos foi grande quando a sacola foi aberta. Em menos de 20 minutos, os familiares do rapaz já estavam no local e ficaram sabendo do acontecido porque um homem que preferiu não se identificar ligou no celular da irmã da vítima e contou que pedaços do irmão dele estavam jogados em dois pontos diferentes do bairro.

A Polícia Militar foi acionada, juntamente com a Civil e Politec. Helena Aparecida Silva, madrasta de Vitor, disse que ele era viciado em drogas e já havia sido preso várias vezes por cometer crimes de furtos e roubos. Os policiais do 9º Batalhão confirmaram que a vítima já era conhecida da polícia pelos crimes de roubos na região do Coxipó. “Ele roubava para sustentar o vício”, comentou um dos policiais que atendeu a ocorrência.

Quando os peritos chegaram até o ponto indicado, abriram o saco plástico e encontraram a parte superior com ferimentos na região no pescoço e tórax. A delegada Anaíde Barros preferiu falar sobre o assunto somente após o laudo dos peritos.

O indício é de que o homem já está morto há mais de 24 horas e foi descartado no bairro no período da noite. Nenhum morador da redondeza quis comentar sobre o assunto. De acordo com a DHPP esse é o primeiro corpo encontrado nas últimas 24 horas em Cuiabá. Olhar Direto

Responder

comment-avatar

*

*