Corpo de promotor é velado em SP e MPE anuncia luto de 3 dias em MT

Promotor de 34 anos morreu após atingir caminhonete em carreta.
Velório ocorre na cidade de São José do Rio Preto (SP), onde vive a família.

O corpo do promotor de Justiça José Rodrigues da Silva Neto, 34 anos, morto em um acidente no domingo (25) na BR-070 no município de General Carneiro, a 449 km de Cuiabá, está sendo velado nesta segunda-feira (26) em São José do Rio Preto (SP), onde vive a família da vítima. O promotor dirigia uma caminhonete que bateu de frente com uma carreta.

O Ministério Público Estadual (MPE) decretou luto de três dias na instituição. O enterro está previsto para as 15 horas no Cemitério Jardim da Paz.

O promotor retornava sozinho de Cuiabá para Nova Xavantina (a 651 km de Cuiabá) após participar de um curso de formação na Procuradoria Geral de Justiça, na capital, entre sexta-feira (23) e sábado (24).

Promotor de Justiça morreu em acidente na BR-070 (Foto: Assessoria/MPE)Promotor de Justiça morreu em acidente na
BR-070 (Foto: Assessoria/MPE)

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), testemunhas disseram que a caminhonete do promotor teria derrapado no asfalto molhado e acabou batendo de frente com a carreta na pista contrária.

De acordo com o MPE, José Rodrigues da Silva Neto era natural de São Paulo. Ele ingressou no Ministério Público do Estado de Mato Grosso em dezembro de 2012. O promotor atuou nas comarcas de Aripuanã, Matupá, Peixoto de Azevedo e Poconé.

Desde agosto deste ano o promotor estava respondendo como titular da 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Nova Xavantina. G1.MT

Responder

comment-avatar

*

*