“De volta para casa” Famílias da Suiá Missú retornam para a área

Após cerca de um ano do ato de Desintrusão da área indígena Marawatsede, popularmente conhecida como área da Suiá Missú, os ex-moradores que foram expulsos pelo Governo, agora estão num processo de retorno.

De acordo com a vice-prefeita de Alto Boa Vista Irmã Irene, as famílias estão voltados para as terras. “Estamos nos organizando e voltando para as terras, já se passou um ano e até agora não recebemos nada do Governo Federal e não vamos mais viver na miséria como estamos vivendo”, disse em entrevista ao Agência da Notícia.

Há cerca de duas semanas a Polícia Federal e a Força Nacional deixaram o local, e apenas alguns funcionários da FUNAI ficaram na área, justamente para impedir o processo de volta das famílias. Porém, há duas semanas algumas famílias já haviam voltado para suas terras, em um dos casos, os funcionários da FUNAI entraram em atrito com os ex produtores e tiveram a câmera fotográfica e alguns equipamentos sequestrados pelos produtores.

Até o momento não houve reforço policial, as famílias estão seguindo para o Posto da Mata, mas a previsão é de que cada família volte para sua área de terra.

“Nós não vamos ficar morrendo de fome e vivendo na miséria, enquanto temos 165 mil hectares de terras produtivas para saciar nosso fome. O Governo precisa agilizar o processo em relação as questões indígenas. Nós não podemos pagar por um erro do Governo que nos abandonou”, disse um dos produtores que já está na área.

De acordo com a APROSUM- Associação dos produtores da Suiá Missú mais de 7 mil pessoas moravam na área quando houve a desintrusão.

Responder

comment-avatar

*

*