Defensoria e advogado falam do saque ao supermercado em NX

NOVA XAVANTINA – O Defensor Público daquela comarca informou esta manhã, por telefone, que nenhuma das partes procurou seu serviço profissional para ajuizar ação contra os indígenas que saquearam um mercado em Nova Xavantina, no mês passado. Eduardo Ladeia ressaltou que nesse caso, caberia uma ação contra o estado, mas que isso se trata de um direito individual, cabendo aos prejudicados acionarem a justiça.

No mês passado, após um índio ser baleado em Nova Xavantina uma família de xavantes saqueou um supermercado, roubando do local cerca de R$ 80 mil em mercadorias.

NOVA XAVANTINA – O atual vice-prefeito que também é advogado, confirmou esta manhã, que está preparando os documentos para entrar na justiça contra o governo do Estado e contra a Funai. Dr. João Batista Vaz da Silva afirmou que vai tentar lutar pelos direitos do proprietário do supermercado saqueado pelos indígenas. Preliminarmente, o vice-prefeito afirmou que o Estado não deu a segurança necessária para evitar o saque ao supermercado. João ‘Cebola’ deve conceder entrevista ao Grupo Interativa de Comunicação ainda nas próximas horas para falar sobre o assunto. Inacio Roberto

Responder

comment-avatar

*

*