Delegado é flagrado dirigindo bêbado durante operação ‘Lei Seca’ em Cuiabá

Polícia Civil informou que delegado pagou fiança e foi liberado, em seguida.
Ele foi abordado durante a primeira blitz da Lei Seca na última noite.

Um delegado da Polícia Civil foi detido na madrugada deste domingo (23) por suspeita de dirigir embriagado na Avenida Isaac Póvoas, em Cuiabá. Ele foi abordado durante a primeira blitz da Operação ‘Lei Seca’, que teve início neste sábado (22). De acordo com a Polícia Civil, o delegado que, atua como corregedor-adjunto da corporação, foi autuado por dirigir sob efeito de álcool e liberado após pagar fiança.

Conforme o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, o balanço do número de detenções durante essa primeira blitz deve ser divulgado nesta segunda-feira (24). A previsão é de que sejam feitas duas blitzes por mês, com o intuito de reduzir o indíce de acidentes de trânsito motivadas por embriaguez ao volante.

No primeiro dia de operação, foram feitas abordagens em uma avenida de Cuiabé e outra deVárzea Grande, região metropolitana da capital. O foco é autuar aqueles que estiverem dirigindo sem cinto de segurança, falando ao celular ou estacionando em locais proibidos.

Pela Lei Seca, qualquer motorista que se recusar a fazer o teste poderá ser autuado por infração gravíssima e pagar multa e perder sete pontos na carteira, tendo ou não mostrado indícios de consumo de álcool. É a mesma pena dada a quem é flagrado no bafômetro com teor igual ou superior a dois decigramas de álcool por litro de sangue. O flagrante lavrado pela Polícia Civil com os delegados da Delegacia de Trânsito que estarão no local para arbitrar a fiança, como foi o caso do delegado da Polícia Civil.

No ano passado, de acordo com o Batalhão de Trânsito, 550 motoristas foram notificados por embriaguez ao volante e 48 tiveram a carteira de habilitação apreendida.  G1.MT

Responder

comment-avatar

*

*