Detidos 13 adolescentes suspeitos de latrocínios e homicídios em Cuiabá

Operação começou às 6h desta quinta-feira (17) em dois bairros da capital.
Um total de 15 policiais atuam no cumprimento de 32 mandados.

Uma operação foi deflagrada no início desta quinta-feira (17) para cumprir 32 mandados de busca e apreensão contra adolescentes suspeitos de homicídios, latrocínios [roubo seguido de morte] e roubos, em Cuiabá. Conforme a Polícia Civil, responsável pela operação, até as 9h35 [horário de Mato Grosso] 13 menores já haviam sido detidos. Ao todo, 15 policiais e militares participam da ação, sob a coordenação do delegado Paulo Araújo, da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA).

Eles devem ser levados para a Delegacia Especializada do Adolescente da capital e, em seguida, devem ser transferidos para o Centro Socioeducativo de Cuiabá, antigo Complexo do Pomeri. A operação começou as 6h de hoje.

Segundo a polícia, esses adolescentes já estavam com mandados de apreensão em aberto e eram considerados foragidos. Esses mandados estão sendo cumpridos nos bairros Pedra 90 e São João Del Rey, consideradas regiões periféricas da capital.

Um dos problemas em relação à internação de menores infratores é a superlotação do Centro Socioeducativo de Cuiabá. No mês passado, por exemplo, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) informou que pelo menos 10 adolescentes que cumpriam medida socioeducativa na unidade foram liberados por conta da precariedade da unidade. Esses adolescentes estavam na ala de internação definitiva, onde havia 83 menores infratores, sendo que só possui capacidade para 60, de acordo com o Ministério Público Estadual (MPE), que pediu à Justiça a soltura de 25 acusados de cometer crimes considerados menos graves. G1.MT

Responder

comment-avatar

*

*