Dia Estadual da Aquicultura e Semana Estadual da Pesca

Projeto de autoria do deputado José Domingos exalta cultura mato-grossense

Incentivando a aquicultura no Estado de Mato Grosso, o deputado José Domingos Fraga (PSD), apresentou o Projeto de Lei n° 315/2013, que institui o “Dia Estadual da Aquicultura”, a ser comemorado anualmente no dia 22 de setembro, e a Semana Estadual da Pesca a ser comemorada na semana que recai o dia estadual da aquicultura.

De acordo com seu projeto, o parlamentar determina que ficará a cargo da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (SEDRAF), a coordenação e elaboração de todas as atividades realizadas durante o período de comemorações. Nessa data, as entidades de classe, as entidades civis e Universidades que desejarem se associar, poderão realizar diagnósticos, palestras e eventos que visem o maior esclarecimento e divulgação da aquicultura e da pesca no Estado de Mato Grosso.

“Tal celebração representa o devido reconhecimento a todas as pessoas, empresas e instituições que se dedicam a essa importante fonte de produção de alimentos para os cidadãos do Estado de Mato Grosso. A Semana Estadual da Pesca visará à importância dos pescadores na economia e no desenvolvimento dos municípios, bem como a relevância em se discutir e aprimorar as técnicas de pesca, visando, sobretudo a preservação das espécies marítimas.”, explica José Domingos.

José Domingos disse que com o referido projeto, pretende aumentar o consumo de pescado através de campanhas junto à população do Estado de Mato Grosso, conscientizando da importância do valor protéico deste alimento para a saúde humana. “Vamos incentivar com ações de promoção maciça de vendas em supermercados, realização de festivais gastronômicos, de comunicação, dentre outras ações julgadas pertinentes pela organização dos eventos. Vamos dar destaque ao alimento que é tradicionalmente da nossa terra”.

Com uma produção anual de quase 50 mil toneladas de peixes, Mato Grosso está se destacando como um dos maiores produtores no ranking nacional. Os dados fornecidos pelo Ministério da Pesca mostram que o Estado está em 1° lugar como produtor de peixe nativo da região, e, em 5° lugar, na produção de peixe de água doce. Por BRUNO BARRETO

Responder

comment-avatar

*

*