Dirigentes do PSD recebem novas adesões em Querência

Cinco vereadores, vice-prefeito, suplentes e empresários encamparam a luta pela fundação da nova sigla

Com a garantia de ser fundados com a adesão de, no mínimo, 300 vereadores, 45 prefeitos, além de empresários e lideranças mato-grossenses, o Partido Social Democrático (PSD) também terá pelo menos mais 200 filiados na cidade de Querência (Região Nordeste).

A confirmação foi dada ontem (22), durante reunião do presidente da comissão provisória do partido e presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PP), com a comitiva do município e os federais Eliene Lima e Roberto Dorner. “O PSD tem comprometimento com a base”, disse Riva.

O partido, que está em fase de fundação, já tem representantes nos 141 municípios do estado, com aval dos deputados Luizinho Magalhães, Dilmar Dal’Bosco, Walter Rabello, Airton Português e do vice-governador Chico Daltro que também assinou o manifesto à sua criação. A comitiva de Querência, formada por nove lideranças, reconheceu o trabalho de Riva na região e reafirmou o trabalho em parceria na nova agremiação.

“Riva é municipalista e tem comprometimento com Mato Grosso. Por isso, apoiamos a fundação do PSD”, explicou o vereador do PP, Telmo Alves de Brito. Em Querência, serão dois vereadores do PP e do PR e um do PDT, além do vice-prefeito João Carlos Pizzi, atual PP. Todos confirmaram a adesão ao novo partido, inclusive, com a filiação de empresários, suplentes e demais lideranças. “Queremos fortalecer o partido para eleger maior número possível de vereadores”, disse Pizzi.

Um dos critérios, segundo Riva, é que o partido não priorize a ocupação de cargos e também não se movimente apenas em períodos eleitorais. “É preciso ter um canal aberto constantemente; estabelecer um calendário para que os diretórios cumpram as metas e discutir ideias, mas sem ter obsessão por cargos”. Para Riva, será possível mensurar o tamanho do partido somente após as disputas eleitorais. Contudo, reconhece que o PSD já “nasce” com uma boa base. No próximo dia 30, será feita a entrega ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) das 500 mil assinaturas necessárias à criação do PSD.

A partir da oficialização jurídica, iniciará o processo de filiação e preparativos para as convenções que elegerão os diretórios municipais. Riva espera entregar pelo menos 50 mil assinaturas ao fundador do PSD, Gilberto Kassab.

Por: Itamara Figueiredo – querencia em foco

Responder

comment-avatar

*

*