Dois são presos após assaltos em Água Boa

Na madrugada desta quinta-feira a polícia civil com o apoio da polícia militar conseguiram prender os autores de dois assaltos ocorrido nos últimos dias em Água Boa. Foi preso Bruno Michel Medrado Rodrigues de 19 anos residente em Água Boa e apreendido um menor de 14 anos residente em Canarana que tem várias passagens pela delegacia local e apresenta alta periculosidade.

Os crimes

No dia 14 de janeiro um moto taxista foi chamado para realizar uma corrida quando chegou ao local foi surpreendido e assaltado com um pedaço de pau, onde levaram R$ 45,00 em dinheiro.

Na tarde de ontem 16 de janeiro por volta das 17h00 o proprietário de uma bicicletaria foi assaltado sob a mira de um revólver e foi levada a quantia de R$ 400,00. Na ação, os comparsas a bordo do veículo Gol de cor branca placas JOD-2331 de Água Boa combinaram de procurar um comércio que tivesse só o proprietário para facilitar a ação criminosa, e enquanto Bruno ficou no carro o menor com um revólver calibre 22 praticou o crime.

A prisão

A polícia civil sob o comando do Delegado Dr. Carlos César Simão Levergger (foto acima) – que acompanhou pessoalmente toda a operação – com o apoio da Polícia Militar com a equipe do CB Araújo, trabalharam durante toda a noite e madrugada e após seis horas que o crime foi praticado, os autores estavam presos.

No começo do levantamento do crime foi constatado, após os esclarecimentos da vítima, que as características do autor não coincidia com nenhum conhecido nos meios policiais, o trabalho de monitoramento foi em cima do Gol branco usado na cobertura da prática do crime.

Todas as saídas da cidade foram cercadas e acionadas o policiamento das cidades da região.  “Por volta da meia noite através de informações anônimas conseguimos visualizar o carro estacionado em uma casa do setor Universitário e daí averiguamos quem era o proprietário do veículo e nesse momento dois elementos empreenderam fuga pelos fundos e lograram êxito por que os policiais estavam divididos em vários pontos”.  Foi feita uma revista no veículo e encontrado um óculos espelhado, uma calça com marcas de tintas e um boné branco como havia sido descrito pela vítima como traje do autor do crime. O menor que estava na residente disse que era de Canarana e através de contato com os policiais daquela cidade foi contatado ser um criminoso com várias passagens, inclusive tentativa de homicídio através de disparos de arma de fogo e que conseguiu fugir.

O veículo, o menor e os objetos foram conduzidos para a delegacia e reconhecidos pela vítima. Uma equipe ficou próximo da casa de campana aguardando o retorno dos fugitivos pois também não havia sido encontrada a arma do crime.

Quando os dois retornaram foram surpreendidos pela polícia e encaminharam para o CISC. Um deles não foi comprovada a participação no crime. Aí só faltava encontrar a arma que seria uma preocupação muito grande, pois poderia ser usada na prática de outros crimes. Toda a residência foi revistada e a arma sendo um revólver calibre 22 com sete munições intactas, foi encontrada embaixo de um vaso de plantas no quintal.

Os dois criminosos, sendo Bruno Michel Medrado Rodrigues e o menor de idade confessaram o crime com detalhes e ainda disseram que após a divisão, o dinheiro foi usado para pagar contas, comparar alimentos para despesa da casa e parte havia sido usado na compra de duas caixas de cerveja – que foram também apreendidas – para comemorar o êxito da ação criminosa.

Já nesta quinta quando a reportagem estava concluindo a entrevista com o delegado, o sargento PM Hennes chegou ao CISC com a suspeita de que os assaltantes presos poderiam ser os mesmos que assaltaram a pauladas o moto taxista e ligaram no número que foi usado para contratar o serviço de moto táxi. Era o celular apreendido do Bruno.

Bruno deverá responder por dois assaltos  e por corrupção de menores.

O jovem delegado de apenas 27 anos disse que outros crimes ocorridos no período de festas do fim de ano até hoje estão praticamente solucionados, como a tentativa de homicídio no P. A. Santa Maria que foi esclarecido e o assassinato a facadas do jovem Rodrigo Inácio ocorrido no Bairro Vila Nova está sendo investigado. Em breve será apresentado os autores do crime bem como os dois assaltos esclarecidos hoje. Para os profissionais do crime o delegado deixa um recado: “O crime em Água Boa não vai compensar”.

Da redação: De nossa parte aqui queremos render as nossas homenagens de reconhecimento aos policiais, tanto da civil, militar e PRF pelo trabalho árduo que tem sido exitoso, e agradecer pelo companheirismo de todos com os profissionais da imprensa.

Em instante entrevista completa com o delegado de polícia Dr. Carlos Levergger com mais detalhes sobre a operação de sucesso. Mais uma vez a polícia dá uma resposta rápida e eficiente para a sociedade aguaboense.

Kassu / Água Boa News

Responder

comment-avatar

*

*