Dra. Cláudia cede entrevista à imprensa

DSC_0006-editada2

Cláudia Márcia Gervazoni Costa, natural do Rio de Janeiro-RJ, é graduada em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e possui residência médica em Pediatria e Pneumologia Pediátrica pelo Hospital Dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro. Cláudia reside em Canarana desde 1999, onde atua como médica concursada pela rede municipal desde 2000, realizando consultas também pela rede particular. De 2013 ao início deste ano, ainda assumiu a Secretaria de Saúde do município, a qual se afastou para tratar de sua saúde.

Você saiu da Secretaria para fazer um tratamento médico. Como está agora?

Estou fazendo um acompanhamento complexo num serviço de neurocirurgia. Em outubro do ano passado precisei realizar dois procedimentos cirúrgicos na coluna, já em janeiro deste ano evoluiu com complicações, o que me obrigou a mudar meu estilo de vida, as rotinas de trabalho, carga horária e devido ao tratamento, me ausento bastante da cidade. Mas graças a Deus estou me recuperando bem, porém o acompanhamento e a reabilitação serão em longo prazo.

Pretende voltar para a Secretaria?

No momento não estou em condições de me dedicar plenamente, como deve ser para estar à frente de uma Secretaria tão complexa e importante como a de Saúde do município do porte de Canarana. Permanecerei no serviço público como médica e estarei sempre à disposição do Prefeito Evaldo para auxiliar no que for de meu alcance.

Como avalia o seu trabalho realizado à frente da Secretaria?

Avalio como satisfatório, apesar de não ter dado tempo ainda de concretizar todas as ações que foram planejadas em 2013, de acordo com as necessidades do nosso município. Há ações, como as obras e aquisição de veículos, por exemplo, que em um ano não dão para serem executadas completamente. Durante a minha gestão montei uma equipe de trabalho, organizamos a parte técnica administrativa, e através de bastante trabalho e planejamento tivemos realizações importantes.

Quanto aos projetos desenvolvidos, o que foi feito na parte de estrutura física?

A readequação da estrutura física do Laboratório Municipal e do Centro de Reabilitação; o cadastramento e aprovação para construção de três novas Unidades de Saúde (posto rural, Bairro União e indígena), inclusive a

primeira parcela do recurso federal já se encontra disponível. Houve também o cadastramento e aprovação para reformas dos postos dos interiores; cadastramento e aprovação para construção de uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento); e ainda foram encaminhadas desde o início de 2013, solicitações aos governos pedindo recursos para reforma do Pronto Socorro, para adequá-lo às normas da Vigilância Sanitária Estadual.

Na parte de transporte, quais foram as melhorias?

Com recursos próprios da administração, uma ambulância UTI foi adquirida, a qual sofreu um acidente com perda total no final do mês de dezembro, mas felizmente estava assegurada e a administração municipal inclusive já foi indenizada com o valor integral do veículo. Também foi feita em outubro de 2013, a elaboração de processo licitatório para a aquisição de duas ambulâncias modelo S10, as quais estão sendo adquiridas agora pela administração municipal.

Quanto ao quadro de profissionais, houve alguma ampliação?

Sim. Com o objetivo de melhorar o atendimento, quatro novos médicos foram contratados, dentre eles um ginecologista e um pediatra; a partir de novembro de 2013 também iniciou o atendimento semanal com ortopedista e mensal com urologista, o que se manteve até o final de 2013; foram chamados dois fisioterapeutas concursados e um fonoaudiólogo, também concursado, que contribuiu para a implantação do teste da orelhinha no serviço público de Canarana. Houve um aumento ainda no quadro de profissionais do Laboratório Municipal, Pronto Socorro, Farmácia Municipal, Equipes de Vigilâncias e Central de Regulação.

Com esse aumento você considera que os atendimentos melhoraram?

Sim. Com essa equipe multiprofissional conseguimos oferecer atendimento médico regular em todas as Unidades de Saúde e nos interiores, durante todo o ano de 2013; aumentar a oferta de exames realizados no laboratório, com agendamento dentro da mesma semana; disponibilizar mais consultas médicas no Pronto Socorro; garantir aos pacientes que necessitam de atendimento em especialidades fora do município, uma maior agilidade nos agendamentos e acolhimento adequado com casa de apoio em Cuiabá (MT) e Goiânia (GO); e melhorar as ações de controle da dengue com uma diminuição importante de casos no município.

Mais alguma colocação?

Cabe lembrar ainda o convênio firmado com o Instituto Lions de Visão de Cuiabá no ano de 2013, o qual possibilitou tratamento a vários munícipes. Também conseguimos resolver um problema que enfrentamos com a farmácia de alto custo. Muitos pacientes não receberam seus medicamentos do Estado, e a Secretaria de Saúde do município assumiu e manteve regularmente a entrega desses medicamentos. Assim, os pacientes que utilizam desse serviço de responsabilidade da Secretaria Estadual de Saúde, não tiveram seus tratamentos prejudicados. Enfim, conseguimos com muito trabalho e em equipe com toda a administração, melhorar o atendimento da saúde pública de Canarana, promovendo ações preventivas e facilitando o acesso aos serviços de saúde para toda a população. Via Danymeire Ramos Carvalho

Responder

comment-avatar

*

*