Educadores de Querência e Nova Xavantina recebem seminário de financiamento

Presidente do Sintep/MT encontrou problemas graves em relação ao piso salarial

Orientações sobre o financiamento da educação nas gestões municipais foram levadas aos trabalhadores de Querência e Nova Xavantina. Como parte do serviço desenvolvido pelo Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) em todo o Estado, o presidente Henrique Lopes do Nascimento esteve presente e contribuiu no debate referente aos recursos que devem ser investidos na educação.
O secretário de articulação sindical do Sintep/MT Julio Cesar Martins Viana, o secretário de redes municipais Alex Ferreira da Cruz e a secretária adjunta de finanças Ana Lucia também participaram dos encontros.  O seminário sobre financiamento foi realizado em Querência na quinta-feira (23/05) e contou com a participação de muitos profissionais.
Foi a 1ª vez que a cidade recebeu este trabalho de base do Sintep/MT. “Conseguimos envolver todos os profissionais da educação e detectamos problemas históricos que precisam de ações imediatas e a longo prazo”, diz Henrique. Um dos entraves é o pagamento do piso de R$ 870, valor menor do que o previsto em 2008 com a lei nacional do piso.
Para o presidente do Sintep/MT são cenários como esse que a categoria deve lutar pela mudança. As informações sobre as fontes de financiamento podem ajudar na cobrança por valorização junto aos gestores.
O encontro em Nova Xavantina (645 km a leste da Capital) foi realizado na sexta-feira (24) com a presença dos mesmos dirigentes do Sintep/MT e teve a integração dos educadores da cidade.

Responder

comment-avatar

*

*