Eleições 2012: cada voto custou R$ 2,81 ao Tribunal Superior Eleitoral

As eleições municipais de outubro custaram R$ 395 milhões aos confres públicos e cada voto custou, em média, R$ 2,81, valor cerca de 27% inferior ao custo das eleições de 2010 (R$ 3,86). O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contabilizou um total de 138 milhões de eleitores em 5.568 municípios nas eleições de 2012.

Segundo os dados reunidos na Avaliação Geral das Eleições, Foram concedidos 481.766 registros de candidaturas, sendo 31.982 pra cargos de prefeito e vice-prefeito e 449.784 para vereador. Os dados foram divulgados nesta tertça-feira (6.11) pela presidente do TSE, ministra Carmem Lúcia.

Trabalharam no esforço eleitoral do dia 28 de outubro 1.695.971 de mesários, sendo 428.946 voluntários e 1.267.025 convocados. Atuaram 196 juízes de tribunais regionais eleitorais, 3.028 juízes eleitorais e 25.259 servidores.

O TSE recebeu 8.667 recursos em apenas três meses e julgou 6.500. Há cerca de 2.000 nas secretarias a espera de decisão.

Quatrocentos e um municípios no primeiro turno e um no segundo turno necessitaram de auxílio das forças armadas para a garantia da normalidade na votação e apuração dos resultados.

“O processo ocorreu em clima de tranquilidade. Julgamos mais de 6500 processos e posso garantir que o nosso empenho foi total para que tudo transcorresse bem”, avaliou a miistra Carmem Lúcia.

olhardireto. De Brasília – Vinícius Tavares

Responder

comment-avatar

*

*