Em apenas um dia, MT registra focos de calor em 33 áreas de conservação

Mato Grosso registrou focos de calor no domingo (9) em 33 Unidades de Conservação e em Terras Indígenas. Apenas nas áreas que ficam no entorno do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, um dos satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou cinco pontos de calor.

Conforme o relatório diário divulgado pelo Inpe, além de Chapada dos Guimarães, os focos de calor também atingiram Unidades de Conservação como as que ficam na cabeceira do Rio Cuiabá e as Terras Indígenas Urubu Branco e Marãiwatsédé.

Segundo g1mt, com focos em 33 unidades de conservação, Mato Grosso fica atrás apenas do Pará entre os estados que mais registraram pontos de calor em áreas protegidas. O Pará teve notificação de focos em 37 unidades de conservação e 22 no Maranhão neste domingo.

Incêndio em Chapada dos Guimarães
Um incêndio atinge desde a última sexta-feira (7) um área que fica próxima ao Parque Nacional de Chapada dos Guimarães. Mesmo com a atuação de cerca de 35 brigadistas, o foco está a apenas 4 km de distância das terras do parque.

Ao G1, Cecílio Pinheiro, diretor do parque, afirmou que os brigadistas tentaram combater o incêndio durante todo o final de semana. “Eles voltaram a combater o fogo por volta das 2h de hoje [segunda]. Eles devem continuar no local até a hora do almoço, depois eles param porque a umidade do ar fica muito baixa nesse horário”, explicou. Ainda de acordo com o diretor do parque, a previsão é de que os brigadistas voltem para o local do incêndio no final da tarde.

Foto: Robson Luiz /Prefeitura de Chapada dos Guimarães

Responder

comment-avatar

*

*