Em Cuiabá Idosos são resgatados de abrigo clandestino após maus tratos

Dos 27 idosos que estavam em abrigo, 15 foram retirados pelas famílias.
Local foi interditado por insalubridade e maus tratos aos idosos.

Banheiros de asilo estavam em condições precárias (Foto: Marcos Landim/ TVCA)

Quinze dos 27 idosos que estavam em um abrigo clandestino, em Cuiabá, foram retirados do local pelas famílias após interdição do espaço. De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE), foram constatados diversos problemas, como a falta de higiene e estrutura precária. Além disso, há denúncias de maus tratos aos idosos, que estariam sendo amarrados para que não caíssem das camas.  Por conta disso, a proprietária do abrigo deverá responder criminalmente.

A previsão é de que nesta sexta-feira (7) os outros idosos sejam levados para o Abrigo Bom Jesus de Cuiabá, na capital. Equipes do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) foram até o local na manhã desta sexta-feira para acompanhar o trabalho.

O abrigo também funcionava sem alvará sanitário e licença do Corpo de Bombeiros. Entre os problemas estão insalubridade e falta de acessibilidade. Alguns idosos estariam com doenças na pele.

Segundo o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos dos Idosos, a proprietária já havia sido denunciada em 2012, por um caso de tratamento desumano em um abrigo também. Na época, o local foi fechado.

Os colchões estavam no chão dos quartos, que não têm luz, nem ventilação. Uma das internas relatou que não há cuidadores suficientes para atender todos os que estão no abrigo e eles seriam agressivos. Ela conta que a alimentação é ruim e que são servidas poucas refeições durante o dia. Em um dos quartos, a equipe de fiscalização encontrou roupas sujas de homens e mulheres espalhadas pelo chão com forte odor. G1.MT

Responder

comment-avatar

*

*