Em greve há mais de 50 dias, servidores da educação protestam no aniversario de Vila Rica

Professores e servidores da rede publica de educação de Vila Rica, em greve a quase 60 dias decidiram fazer manifestação em protesto para fortalecer o movimento grevista dos professores, eles se vestiram de preto e com faixas ficaram de costas para o palco das autoridades, durante as festividades de comemoração do 28º Aniversário de Emancipação Político Administrativo de Vila Rica, acontecida neste ultimo final de semana.

 A decisão pela manifestação havia sido tomada em reunião do sindicato, onde os servidores presentes decidiram que estariam presentes no evento, vestidos de preto em protesto, alem do manifesto dezenas deles estão acampados na Praça Central na Avenida Brasil.

Os festejos do município começaram no último sábado (10), e desde o dia 05/05, os servidores mantém posição de paralisação das atividades contrariando uma liminar favorável a Prefeitura de Vila Rica, que obriga o retorno imediato ao trabalho dos profissionais da educação, da rede pública municipal que se encontra em greve desde o dia 18 de março de 2014, de acordo com a liminar a  pena de multa é da ordem de R$ 20.000,00, (vinte mil reais por dia) devendo ser limitado á quantia de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais).

Segundo a direção do SISPUMVIR, a decisão do relator do processo que gerou a liminar, se baseou na declaração de que a administração municipal usou da alegação do município que para legitimar o movimento grevista é necessária que a negociação tenha sido frustrada, e que segundo o Desembargador, no caso de Vila Rica, a classe á princípio, não permitiu a equipe do prefeito Luciano Alencar, continuar com as negociações, é mentirosa, pois a classe tem inúmeras provas como atas, fotos que se alguém se nega a negociar é o Governo Municipal.

Os itens reivindicados pela categoria são:

1º – O reajuste do FUNDEB.

2º – Elevação de nível do pro funcionário e pro infantil.

3º – Aprovação com urgência do plano de cargos, carreira e salário.

4º – O piso salarial nacional que é garantido pela lei 11.738/2008.

5º – Aplicação integral dos 30% das receitas de impostas e transferências constitucionais.Escrito por Jornal da Noticia com Eldorado FM

Responder

comment-avatar

*

*