Em MT, Nova Xavantina e mais 11 cidades vão fazer protestos contra corrupção

Onze cidades organizam protestos em Mato Grosso contra a corrupção e a violência. Os convites para participação partem das redes sociais como o Facebook. Em Nova Xavantina, os convites estão em todas as redes sociais e o manifesto está programado para sábado.

Em Cuiabá, mais de 24 mil pessoas confirmaram presença no evento. A manifestação está marcada para quinta-feira (20), às 17h30, na Praça Alencastro. Contudo, outros dois protestos devem ocorrer na capital nesta semana.

Pelo roteiro do ato contra a corrupção, os manifestantes vão sair da Praça Alencastro rumo à Praça Santos Dumont, Choppão, e descem pela Avenida Isaac Póvoas até a Praça Ipiranga.

Conforme a página no Facebook do movimento, o ato tem como temas a redução significativa da tarifa do transporte público; qualidade do transporte público; cumprimento integral da lei do passe livre; investimento na saúde e na sua interiorização; investimento na educação pública; contra a PEC 37 e contra a repressão e criminalização das manifestações sociais.

Nesta quarta-feira (19), às 17 horas, na Praça Alencastro, os integrantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), organizam ato em defesa do transporte público.

As principais reivindicações são pela redução da tarifa do transporte municipal e intermunicipal; cumprimento integral da lei do passe livre de forma irrestrita para todos os estudantes, sejam eles secundaristas, da graduação ou pós-graduação; mais frotas, ar-condicionado, estrutura nos ponto de ônibus e retorno dos cobradores.

Outro item é o fim das concessões e a municipalização do transporte.

No sábado (22), a manifestação será contra a PEC 37, que deve ser apreciada dia 26 pela Câmara dos Deputados. O evento será às 15h30, na Praça Alencastro.

A PEC 37 tira os poderes do Ministério Público em fazer investigação criminal. As atribuições seriam exclusivas das polícias Civil e Federal.

Interior

Em Várzea Grande, na sexta-feira (21), às 17 horas, será realizada a manifestação “Acorda Várzea Grande”, com saída do Ginásio do Fiotão até a Prefeitura Municipal, num trajeto de 3 km.

Dentre as reivindicações estão: o passe livre, educação de qualidade, saúde (atenção especial ao Pronto-Socorro), crítica à pavimentação, segurança pública de qualidade e incentivo à cultura várzea-grandense.

Em Rondonópolis, a concentração será na quinta-feira (20), às 16 horas, na Praça Brasil.

Dentre as reivindicações, estão os gastos com obras da Copa do Mundo na capital e a administração das OSS no Hospital Regional da cidade, e exigência de um teatro municipal na cidade.

Ainda estão previstas manifestações nas cidades de Barra do Garças, Barra do Bugres, Cáceres, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Sinop, Sorriso e Tangará da Serra.

Em Nova Xavantina a manifestação será na praça Central, no setor Nova Brasilia apartir das 181 horas deste sábado, 22. Noticias NX

Responder

comment-avatar

*

*