Em Paranatinga homem é preso suspeito de roubar R$ 3 milhões em joias

A Polícia Judiciária Civil (PJC) prendeu um dos autores do roubo de cerca de R$ 3 milhões em joias, ocorrido no município de Paranatinga (373 km ao Sul). O suspeito Gilson Rocha Valadares Junior, 32 anos, teve mandado de prisão preventiva cumprido, na última sexta-feira (28), no Distrito do Coité, em Poxoréu.

Parte das Jóias e o celular subtraído da vítima foram recuperados na residência de familiares do suspeito.

A prisão foi efetuada por policiais das Delegacia de Paranatinga, Delegacia de Polícia e Delegacia de Roubos e Furtos (Derf), ambas de Primavera do Leste, sob o comando dos delegados Wilson Cibulskis Junior, de Paranatinga, e Rodrigo Azem Buchid, de Primavera do Leste.

O assalto aconteceu no dia 15 de junho em Paranatinga, na casa do cunhado da vítima, moradora de Cuiabá, que estava na região para comercializar as joias. A vendedora autônoma informou a Polícia que teve prejuízo de R$ 3 milhões em jóias, telefone celular e cerca de 40 mil reais em cheques e dinheiro.

Segundo a Polícia Civil dois homens armados invadiram a residência, anunciaram o roubo e depois de revirar a casa toda encontraram as joias dentro de uma mala, que estava no interior do carro estacionado na garagem. “Foram lá especificamente atrás dessas joias. Acreditamos que tinham informação”, declarou o delegado Wilson Cibulskis Junior.

O delegado informou que as investigações tiveram apoio de policiais das duas unidades de Primavera do Leste e do núcleo de inteligência, que levantaram informações para identificação do suspeito, reconhecido pela vítima. “As investigações prosseguem para identificação de outros participantes do roubo”, finalizou.Agora MT

Responder

comment-avatar

*

*