Empreiteira que construirá o asfalto na MT-020 desembarca máquinas em Canarana

Parece que agora vai. Chegaram na semana passada a Canarana as primeiras máquinas da empresa Rodocon, que vai construir os primeiros 60 km de asfalto da MT-020, entre a cidade de Canarana e o rio Vanick. As informações foram repassadas pelo secretário de Obras de Canarana, Baiano.

Baiano disse que outras máquinas estavam pra chegar na cidade nesta semana. Diferente da primeira vez, em meados de 2010, quando chegaram apenas algumas máquinas e ainda muita velhas, desta vez elas chegam em quantidade maior e apresentando condições de serem utilizadas na obra. O equipamento está estacionado no pátio do galpão da Prefeitura.
Naquela oportunidade, o equipamento chegou poucos dias antes das eleições para governador e apenas trabalharam na base do trecho de 1 km, mas sequer um metro de asfalto foi feito. A eleição acabou e as máquinas foram embora, deixando a população revoltada. O governo colocava a culpa na antiga empreiteira, e esta dizia que o governo não pagava pelos serviços prestados.
O que dá consistência para acreditar que desta vez as obras vão realmente começar, é que além do tipo de maquinário que veio, já foram alugadas duas casas pelo período de um ano, para acomodar os funcionários da Rodocon, a nova empresa que agora vai construir o asfalto.
Segundo Baiano, a única coisa que restaria para o início dos trabalhos, que devem se estender até o ano que vem, é a emissão da Ordem de Serviço. O prefeito Walter Faria estava em Cuiabá trabalhando pela emissão dessa ordem, que se não foi emitida, deverá ser nos próximos dias.
A MT-020 tem 270 km de extensão e liga Canarana a Paranatinga, passando pelos distritos de Garapú e Culuene, em Canarana, e São José do Couto, em Campinápolis. Essa estrada vai encurtar em 200 km o trajeto do Médio e do Baixo Araguaia com a nossa capital, Cuiabá. A obra foi uma promessa de campanha do governador do estado Silval Barbosa.
Depois da frustração inicial em 2010, as expectativas quanto a construção dessa rodovia foram renovadas com a contração pelo governo do estado neste ano de um empréstimo de 1,5 bilhão de reais do BNDES, que será utilizado na construção de asfalto em todo o estado, principalmente nos municípios que ainda não estão ligados a malha viária asfaltada.
A população e autoridades de Canarana e região, culpavam a falta de dinheiro pelo governo do estado para investir em obras de logística, o fato do dinheiro do Fethab, criado para este fim, estar sendo empregado nas obras para a Copa do Mundo em Cuiabá, o que fez com que muitos se colocassem contra o mundial em nosso estado.
Com as chances do início dos trabalhos, uma nova esperança surge para Canarana, que passará a ser rota de passagem e não mais ‘fim de linha’. A rodovia vai atrair muitos investidores para a nossa cidade.
Foto: J o Pioneiro

Responder

comment-avatar

*

*