EMPRESÁRIO DE NOVA XAVANTINA E ESPOSA MORREM EM ACIDENTE EM JUSSARA GO. ALGUNS FAMILIARES RESIDEM EM CANARANA


Ele tinha 46 anos. Um homem honesto, trabalhador e que sempre serviu ao próximo. Audimar Hemming deixou dois filhos. Um com sua primeira esposa e outra com Arali Medrado, que faleceu junto com Audimar em um trágico acidente próximo a cidade de Jussara – GO.

Em contato com a polícia de Jussara, o sargento Chaveiro informou ao NotíciasNX que o acidente aconteceu por volta das 19 horas deste sábado, 29. Segundo o sargento, Audimar dirigia uma S10 modelo novo em direção a Barra do Garças, onde foi surpreendido por um caminhão descontrolado.

O sargento disse ainda que Audimar estava no volante, o pai dele, Pedro Arlindo Hemming estava no carona e sua esposa Arali estava no banco de trás com sua filha Gabriela Hemming de apenas 05 anos, sendo a única sobrevivente do trágico acidente.

Segundo informações da PM de Jussara, após o acidente, uma viatura se deslocou para o local do sinistro e, de imediato, pensaram que todos haviam morrido, porém, após alguns minutos, ouviram um choro de dentro da S10, onde, ao procurar pelo choro, encontraram Gabriela com vida, no entanto, com algumas escoriações e com os braços e pernas supostamente fraturadas.

“A criança deve ter desmaiada com o choque, e quando ela começou a chorar, foi que percebemos que havia uma criança dentro do carro. Após conseguirmos abrir a porta da S10, avistamos a criança abraçada na mãe que já estava em óbito”, disse o sargento.

Ainda de acordo com informações apuradas pelo NotíciasNX, Audimar estava em direção Goiânia – Barra do Garças, onde iria pernoitar, e no domingo seguiria para Nova Xavantina.

Audimar Hemming tinha 46 anos. Arali Medrado 29 anos. Pedro hemming, pai de Audimar, 70 anos. Os três morreram na hora.

Divino Ínácio da Silva de 50 anos, também morreu no local. Dinino era o motorista do caminhão que perdera a direção e invadiu a pista contrária se colidindo de frente com a S10.

A única sobrevivente do acidente, a filha de Audimar, a querida Gabriela Hemming, foi transferida para Goiânia e não corre risco de vida.

Alguns familiares das vitimas residem em Canarana.

Responder

comment-avatar

*

*