Encontro promove estudo sobre aplicação das Orientações Curriculares nas escolas de MT

Quatrocentos profissionais, de 15 Centros de Formação e Atualização de Professores instalados em Mato Grosso, participam nesta semana do encontro ‘Formação em Rede: Orientações Curriculares para a Educação Básica de Mato Grosso’, iniciado na manhã desta segunda-feira, 9, no Hotel Fazenda Mato Grosso. Durante a solenidade, foi realizado o ato de lançamento oficial das ‘Orientações Curriculares’, documento construído coletivamente ao longo de cinco anos e que dá norte à Educação em Mato Grosso, sendo respaldado na realidade local e que contempla as especificidades do público a ser atendido.

O encontro possibilita a reflexão sobre o planejamento do trabalho pedagógico nas 737 unidades escolares, ressalvando a autonomia docente da rede estadual, dentro do processo de aperfeiçoamento do fazer pedagógico em prol de uma educação com qualidade social. Cada um dos participantes recebeu um kit contendo os livros das Orientações Curriculares, ferramentas subsidiadoras de práticas pedagógicas.

A assessora especial da Seduc, Rosa Neide Sandes de Almeida, avaliou que as Orientações figuram como instrumento de estímulo e aperfeiçoamento do processo de ensino aprendizagem. “O Estado não vai fazer o plano de aula para cada um dos professores. Nós estamos apresentando um orientativo. Mato Grosso sempre se opôs àqueles que realizam uma defesa intransigente sobre a centralização, sempre buscamos reafirmar a intelectualidade de nossos profissionais e por isso consultamos toda a base para a construção do material e procuramos resgatar, aproveitar, tudo o que já é feito. Esse trabalho tem a cara de todos nós”.

Destacando o pioneirismo e a implementação de políticas públicas arrojadas, em que se destaque a implantação dos Cefapros, a secretária adjunta de Políticas Educacionais, Fátima Resende, citou que as primeiras discussões sobre a formatação de um documento específico para nortear as ações em Mato Grosso tem sua gênesis datada de 1989, um ano depois do lançamento da Carta Magna do país. “Desde essa época surgiram às primeiras discussões inerentes ao currículo, às necessidades educacionais. E, hoje, neste momento, é oportuno o debate sobre a construção do PPP, a descentralização dos recursos que deve ser feita com base no currículo”.

Ela ainda destacou que, ao longo da semana, os formadores terão a oportunidade de estudar a sistematização curricular com emprego dos Complexos Temáticos. “Nós temos uma grande variável para trabalharmos os projetos, seja por disciplina, por área de conhecimento e fizemos a opção pelos Complexos Temáticos em que você situa o ser, a história, a cultura para o desenvolvimento de conteúdos que atendam as necessidades formativas de cada aluno, seguindo as concepções das nossas Orientações Curriculares”.

Formadora do Cefapro de Confresa (MT) há três anos, Margarete Bonora, avalia que a educação em Mato Grosso vivencia uma grande conquista com o envio impresso das Orientações Curriculares para as unidades. “Desde 2009 há intenso debate, estudo para a formatação desse documento base que serve como norte ao desenvolvimento do nosso trabalho”.

“Mato Grosso é um Estado ousado. Não temos um modelo a copiar, mas uma nova trajetória a construir. Ele é um estímulo à educação básica”, citou a professora doutora Acácia Zeneida Kuenzer, que atuou na consultoria metodológica para elaboração das Orientações Curriculares.

Complexos Temáticos

Durante os quatro dias do evento, o professor doutorando Silvio Rocha, diretor pedagógico da Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul, trabalhará a sistematização de conteúdos por meio dos Complexos Temáticos. Para ele, há um desafio proposto que é o de garantir o ensino por completo permitindo fazer a ligação efetiva entre a atividade intelectual na escola e a prática social. “Construir um novo sentido no fazer pedagógico remete a mudanças de posturas. Vivenciamos um processo de construção qualitativa e toda mudança requer um a desconstrução de aspectos anteriormente defendidos”.

O encontro será realizado até a próxima quinta-feira, 12.

Responder

comment-avatar

*

*