Escola Nova Chance amplia matrículas com mais quatro turmas

Serão 30 homens e quatro mulheres no processo de aprendizagem

SECOM/MT

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc/MT), por meio da Escola Nova Chance, passa a atender a partir da próxima semana mais quatro turmas de estudantes privados de liberdade nas cidades de Nova Xavantina e Barra do Garças. A ação é uma parceria com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh/MT) que juntas atuam para garantir a expansão do atendimento nas unidades prisionais de Mato Grosso. Atualmente a escola possui 2,3 mil alunos matriculados.

O gerente de Educação de Jovens e Adultos da Seduc, Joaquim Ventura, explica que no município de Nova Xavantina será implantado um modelo piloto de turma mista, composta por homens e mulheres. Lá, quase 100% dos reeducandos serão atendidos. Do total de 40 sujeitos privados de liberdade, 34 estão matriculados. “A direção da cadeia nos pontuou quanto a essa realidade e a turma será atendida com a Educação de Jovens e Adultos. Será a primeira sala atendida nesse modelo. Serão 30 homens e quatro mulheres no processo de aprendizagem”, finaliza ele, reafirmando que é um direito de qualquer cidadão o acesso à educação.

Seguindo a proposta de garantir o atendimento escolar a esse público, mais duas cadeias públicas – Pontes e Lacerda e Chapada dos Guimarães – devem instalar salas de aula. Joaquim ainda esclarece que as ações executadas são delineadas pelo Plano Estadual de Educação nas Prisões (PEEP) que já foi alvo de avaliação da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e deve ser reencaminhado para avaliação e votação ainda no primeiro semestre de 2014 à Casa de Leis.

Responder

comment-avatar

*

*